Fagner rebate perguntas sobre arbitragem e exalta campanha do Corinthians

Fagner rebate perguntas sobre arbitragem e exalta campanha do Corinthians

Por Meu Timão

3.9 mil visualizações 41 comentários Comunicar erro

Em entrevista coletiva, Fagner respondeu a uma série de perguntas sobre a arbitragem do Brasileirão

Em entrevista coletiva, Fagner respondeu a uma série de perguntas sobre a arbitragem do Brasileirão

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Apesar da boa vitória sobre o Fluminense, na quarta-feira, Fagner precisou responder repetidas vezes sobre a maior polêmica da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro: os erros de arbitragem. Em entrevista coletiva, no CT Joaquim Grava, o lateral-direito tratou de reafirmar que os jogadores do Timão estão focados apenas no futebol praticado dentro de campo.

“As coisas que vêm acontecendo é fruto de um trabalho, e o mais importante: o professor colocou na cabeça de todos para esquecermos a arbitragem, focar apenas no jogo, independentemente das situações”, afirmou Fagner.

“É difícil falar dos lances. São coisas que acontecem no futebol. Sempre existirão opiniões diferentes e polêmicas no esporte. Você não pode olhar apenas para um time. Existem outros. No jogo entre Ponte Preta e Cruzeiro, também houve muita discussão. Então, vamos ver os méritos da nossa equipe, a maneira como estamos nos comportando”, acrescentou o corinthiano.

O triunfo alvinegro diante da equipe carioca foi amplamente questionado por parte da mídia esportiva nesta quinta-feira. Isso porque o assistente Fábio Pereira anulou um gol marcado pelo volante Cícero, no início do segundo tempo – apenas Wellington Paulista estava em condição irregular no lance. Apesar das reclamações, o Corinthians marcou dois gols e disparou na liderança da competição.

“Falar de complô é uma coisa muito séria e pesada. Estão tirando o foco do futebol e jogando a culpa só nos árbitros. Vamos olhar mais o jogo e deixar os árbitros trabalharem”, defendeu o lateral, que visa um bom resultado no confronto com o Palmeiras, neste domingo, no Allianz Parque.

“Clássico não existe favoritismo, duas equipes que se conhecem muito, vantagem do Palmeiras é ter maior número de torcedores e conhecer melhor seu estádio. Mas num clássico é difícil dizer quem é favorito, é jogo de detalhe, pequeno erro pode fazer a diferença”, completou.

Veja Mais:

  • Fiel aprova negociações com trio que pode chegar ao Timão para o ano que vem

    Fiel opina sobre jogadores que ainda podem chegar ao Corinthians para 2019

    ver detalhes
  • Em 2017, Timão caiu nas oitavas da Sul-Americana para mesmo o Racing

    Conmebol sorteia primeira fase da Copa Sul-Americana, e Corinthians revê Racing

    ver detalhes
  • Sornoza deve jogar no Corinthians a partir de 2019

    Sornoza, Luan e Uendel: Alessandro atualiza situação do Corinthians no mercado da bola

    ver detalhes
  • Medina faturou seu segundo título mundial de surfe

    Corinthiano Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes