Corinthians e Grêmio será exibido apenas para um estado em TV aberta

Corinthians e Grêmio será exibido apenas para um estado em TV aberta

Por Meu Timão

Timão enfrenta o Grêmio nesta quarta-feira

Timão enfrenta o Grêmio nesta quarta-feira

Foto: Ricardo Taves / Agência Corinthians

Os torcedores que não forem à Arena Corinthians na próxima quarta-feira, não terão muitas opções para acompanhar a partida do Timão contra o Grêmio na televisão aberta. Por causa do clássico entre Santos e São Paulo, no mesmo horário, o jogo será exibido apenas para o estado do Rio Grande do Sul.

Quem mora no estado do Grêmio, acompanhará a transmissão com narração de Paulo Brito e comentários de Maurício Saraiva e Márcio Chagas da Silva. Já para quem é assinante dos canais por assinatura e dos pacotes do PFC, o jogo será transmitido no Premiere, Premiere HD e PFCI. Neste caso, a narração será feita por Odinei Ribeiro e os comentários por Wagner Vilaron.

Além do clássico paulista, o Corinthians também "concorre" com Coritiba e Fluminense, que será exibido para nove estados do país. O restante do Brasil acompanha Santos e São Paulo.

Corinthians e Grêmio se enfrentam nesta quarta-feira, a partir das 22h, na Arena em Itaquera. O Meu Timão conta tudo sobre a partida, no tempo real, aqui no portal, além de trazer vídeos dos gols dos jogos.

Veja Mais:

  • Bruno Alves se desligou do Figueirense na Justiça

    Zagueiro anunciado pelo rival foi oferecido antes ao Corinthians

    ver detalhes
  • Vantagem do Timão caiu um ponto em relação à 20ª rodada; equipe tem um jogo a menos

    Confira a distância do Corinthians para os principais concorrentes ao título brasileiro

    ver detalhes
  • Moisés, que deve ser titular contra a Chape, com Pedrinho durante treino no CT

    Liberação de Marciel no Corinthians não deve alterar substituto de Arana em Chapecó

    ver detalhes
  • Corinthians é líder mundial nas redes sociais

    Corinthians é a entidade esportiva com melhor performance nas redes sociais do mundo, diz estudo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes