Conheça quem é o empresário que quer levar o Timão pra 'Champions das Américas'

Conheça quem é o empresário que quer levar o Timão pra 'Champions das Américas'

Por Meu Timão

Marcelo Tinelli é vice-presidente do San Lorenzo, da Argentina

Marcelo Tinelli é vice-presidente do San Lorenzo, da Argentina

Foto: Reprodução

A favor da reformulação do futebol nas Américas, Marcelo Tinelli é um dos homens mais influentes da mídia argentina e sul-americana. Além de já ter trabalhado com jornalismo esportivo e hoje estar à frente do programa Showmatch, também exerce o cargo de vice-presidente do San Lorenzo e é candidato à presidência da AFA (Associação de Futebol Argentino).

Na corrida para ocupar a vaga deixada por Julio Humberto Grondona na AFA, o apresentador e empresário argentino, junto ao empresário italiano Riccardo Silva, quer promover uma nova competição que substitua a Libertadores no continente. A Champions League das Américas contaria com a entrada definitiva de clubes da Concacaf (Confederação da América do Norte, Central e Caribe) e da MLS (Major League Soccer). Além dos dois entusiastas, o ex-jogador Paolo Maldini também está envolvido no propósito.

Para um melhor entendimento do projeto, algumas reuniões já aconteceram e, inclusive, uma delas ocorreu no Rio de Janeiro e foi comandada justamente por Marcelo Tinelli. O Corinthians, por sua vez, pode ser um aliado nesta ideia.

No novo plano, a premiação iniciaria com 5 milhões de dólares pelam participação dos clubes, e o campeão ganharia aproximadamente R$ 30 milhões - valores próximos aos da Champions League europeia. Com a pressão, a Conmebol anunciou que aumentará a premiação dos clubes que participarem da próxima edição da Libertadores.

Em sua disputa, cerca de 70 equipes seriam divididas entre Brasil, Estados Unidos, Argentina, México e países de menor expressão - com a quantidade de vagas distribuídas proporcionalmente ao envolvimento de cada país com o esporte. Os jogos, que aconteceriam entre fevereiro e novembro e seriam televisionados para todo o continente, contariam com uma fase preliminar, diminuindo o número de equipes para no máximo quatro por país.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes