Exames constatam lesão e Corinthians perde Fagner

Exames constatam lesão e Corinthians perde Fagner

37 mil visualizações 266 comentários Comunicar erro

Fagner deve ficar fora do time por cerca de um mês

Fagner deve ficar fora do time por cerca de um mês

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O Corinthians perdeu uma importante peça da equipe titular para as próximas rodadas do Campeonato Brasileiro: o lateral-direito Fagner teve lesão confirmada e está fora do time por cerca de um mês.

O jogador realizou exames na tarde desta terça-feira e os resultados confirmaram uma lesão muscular na coxa direita. O médico do Corinthians, Doutor Ivan Grava, informou que a previsão inicial é de cerca de quatro semanas de recuperação.

Com isso, o lateral só retornaria ao time no dia 1º de novembro, contra o Atlético-MG, segundo colocado do Campeonato Brasileiro. Apesar do longo período, ele só fica fora de quatro jogos, por causa da parada para as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Fagner não deve jogar contra Ponte Preta, neste domingo, Goiás, dia 15, Atlético-PR, dia 18, e Flamengo, dia 25.

Para o seu lugar, o também lateral-direito Edílson deve ser o substituto. Fagner se machucou no início do jogo contra o Figueirense, no último domingo, ainda aos quatro minutos de jogo.

Veja Mais:

  • Ramiro está confirmado na equipe titular do técnico Fábio Carille

    Com seis reforços, Corinthians relaciona 21 jogadores para estreia no Paulistão; veja lista

    ver detalhes
  • Diretoria do Corinthians vem anunciando novidades na camisa alvinegra neste mês de janeiro

    Corinthians fecha patrocínio de dois anos para barra traseira da camisa

    ver detalhes
  • Grêmio é um dos interessados em contar com Douglas em 2019

    De olho em Ramires, Corinthians pode negociar Douglas com o Bahia; Grêmio também tem interesse

    ver detalhes
  • Fabricio Oya marcou outra vez pelo Corinthians e ajudou a garantir a vaga na semi

    Com gols de artilheiros, Corinthians despacha Grêmio e vai à semifinal da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes