Depois de lesão, lateral é devolvido ao Corinthians

Depois de lesão, lateral é devolvido ao Corinthians

Por Meu Timão

Guilherme Andrade só tem contrato até dezembro deste ano com o Corinthians

Guilherme Andrade só tem contrato até dezembro deste ano com o Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Não durou muito o período de Guilherme Andrade no Ceará. O lateral-direito sofreu uma nova lesão e será devolvido ao Corinthians para se tratar.

O lateral foi emprestado ao Ceará em agosto deste ano, já que não fazia nem parte do elenco profissional alvinegro. Nesta segunda-feira, o departamento médico do clube informou que ele rompeu o ligamento do joelho e, por isso, retorna ao Timão.

"Infelizmente ele sofreu uma lesão ligamento. É grave. Estamos encaminhando o atleta para o seu clube de origem", declarou o médico do clube, Henrique Bastos, ao jornal "O Povo".

Essa não é a primeira que isso acontece com o jogador nessa temporada. No início do ano, ele teve uma passagem meteórica pelo Sport. Foi contratado, também por empréstimo, e no primeiro treino sofreu uma lesão no menisco do joelho direito.

Na ocasião, também retornou ao Corinthians para se tratar. O lateral-direito, que não faz parte dos planos do Timão, só tem contrato até dezembro deste ano. Mais uma vez, fora dos planos, não deve ter seu vínculo renovado.

Veja Mais:

  • Carille teve problemas para testar elenco nesta quarta; Arana e Léo Santos se ausentaram

    Bruxa solta! Treino do Corinthians é marcado por ausências, sustos e dúvidas

    ver detalhes
  • Dono de cinco gols em 2017, Romero está convocado pela seleção paraguaia

    Noiva de Romero vaza convocação de paraguaios do Corinthians; veja documento

    ver detalhes
  • Emerson Santos assinou pré-contrato com o Palmeiras

    Emerson Santos custaria R$ 20 milhões ao Corinthians em cinco anos; entenda o valor

    ver detalhes
  • Jadson treinou de colete, como coringa, na terça-feira

    Corinthians pode deixar Jadson fora contra o Vitória; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes