Morre Barborsinha, goleiro do Corinthians nos anos 60

Morre Barborsinha, goleiro do Corinthians nos anos 60

Por Meu Timão

Conhecido como Barbosinha, o ex-goleiro defendeu as cores do Corinthians entre 1967 e 1968

Conhecido como Barbosinha, o ex-goleiro defendeu as cores do Corinthians entre 1967 e 1968

Foto: Reprodução

Morreu em São Paulo, na manhã desta terça-feira, o ex-goleiro Lourival de Almeida Filho, aos 74 anos. Conhecido como Barbosinha, ele defendeu as cores do Corinthians entre 1967 e 1968. A informação foi divulgada em nota pelo site oficial do Timão, que não revelou as causas do falecimento.

Comparado a Barbosa, goleiro da Seleção na Copa do Mundo de 1950, Barbosinha disputou apenas 34 partidas pelo Corinthians e sofreu 33 gols, segundo o aplicativo Almanaque do Timão, do jornalista Celso Unzelte. Após falhar em um clássico contra o arquirrival Palmeiras, pelo Paulistão de 1967, passou a ser questionado no clube alvinegro e acabou descartado.

Antes de se aposentar dos gramados, jogou pelo Atlético-PR e pelo Tiradentes, do Piauí. Ainda se tornou fiscal da Prefeitura Municipal de São Paulo. “O Sport Club Corinthians Paulista deseja força aos familiares neste momento difícil”, escreveu o clube.

O velório do ex-arqueiro do Timão está marcado para esta terça-feira, a partir das 18h, no Cemitério de Congonhas. O enterro acontece nesta quarta, às 9h, no mesmo local.

Veja Mais:

  • Jogo do Corinthians contra o Grêmio será transmitido para 13 estados do Brasil

    TV Globo exibe Corinthians e Grêmio para 13 estados do Brasil; confira

    ver detalhes
  • Corinthians vem de boa vitória no Brasileirão

    Corinthians pode se isolar na liderança e aumentar distância do G6; veja a classificação

    ver detalhes
  • Corinthians entra em campo neste domingo contra o Grêmio

    Corinthians visita Grêmio neste domingo para se consolidar na briga pelo hepta do Brasileirão

    ver detalhes
  • Gramado da Arena Corinthians está mais suscetível a 'escorregões' por excesso de umidade

    Gramado da Arena Corinthians 'chegou no limite', diz presidente de empresa responsável

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes