Ídolo corinthiano que apresentou Água Santa ao mundo compara a equipe com o Timão

Ídolo corinthiano que apresentou Água Santa ao mundo compara a equipe com o Timão

Por Meu Timão

Dinei ajudou a divulgar o Água Santa para o mundo

Dinei ajudou a divulgar o Água Santa para o mundo

Foto: Reprodução / Facebook

Muitos não sabem, mas foi por causa de um ex-jogador do Corinthians que o Água Santa, um dos integrantes do grupo do Timão no Paulista do ano que vem, se tornou um time profissional. Foi Dinei que apresentou o time de Diadema para o mundo.

“Estava conversando com o Marquinhos (presidente da Liga de Futebol Amador de Diadema naquela oportunidade), e com os diretores do Água Santa, que na época era time da várzea. Contei que ficaria 90 dias ‘preso’ e eles acharam que era por causa de pensão (risos). Quando viram que era por causa de um programa de TV, ficaram surpresos. E a camisa ganhei de presente. Mas não me deram como uma estratégia de marketing e, sim, pela amizade. Passei a usar ela lá dentro (da Fazenda). Depois que me viram na TV com a camisa do Água, todo mundo me perguntava o que era aquilo. A coisa foi crescendo e descobri que tiveram a ideia de fundar o clube por causa disso”, explicou o ex-jogador, em entrevista ao jornal Diário do Grande ABC, em maio deste ano.

Na época, ele chegou até a comparar o Corinthians, clube que o consagrou no futebol, com o Água Rasa, que ele defendeu algumas vezes no futebol amador.

“Guardadas as devidas proporções, o Água Santa é como o Corinthians, tem esse negócio do time do povo, da raça, da torcida fanática que, se precisar, dá o sangue pelo clube. Se montar um time legal, pode ter certeza que não cai. E ainda faz bonito na Série A-1. O mais difícil é subir. A Ferroviária, por exemplo, demorou 18 anos para conseguir isso”, ressaltou.

Em maio, o Água Santa ainda não tinha garantido o acesso à Primeira Divisão. Agora, está classificado e foi sorteado no grupo D, ao lado de Corinthians, Red Bull, Mogi Mirim e Rio Claro. Sua participação na competição, no entanto, ainda é dúvida, pois seu estádio, em Diadema, ainda está em obras e não tem a capacidade mínima exigida pelo regulamento da FPF.

Veja Mais:

  • Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    ver detalhes
  • Pedrinho aproveitou oportunidade e foi bastante elogiado por atuação contra o Red Bull

    Xodó da Fiel, Pedrinho já é quem mais driblou do Corinthians no Paulistão

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians pode ultrapassar valor de R$ 100 milhões em 2017

    Camisa do Corinthians valerá R$ 100 milhões em 2017, promete diretor de marketing

    ver detalhes
  • Foxlux é nova patrocinadora do Corinthians

    Corinthians anuncia terceiro patrocinador para 2017; veja mudança na camiseta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes