Mesmo com problemas em São Januário, Vasco quer mais torcedores em jogo contra o Timão

Mesmo com problemas em São Januário, Vasco quer mais torcedores em jogo contra o Timão

Por Meu Timão

Vasco quer aumentar capacidade de São Januário para jogo contra o Timão

Vasco quer aumentar capacidade de São Januário para jogo contra o Timão

Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O Vasco não quer desistir de aumentar a capacidade do São Januário para a partida contra o Corinthians. Depois de quatro vistorias negativas, o clube carioca ainda espera mais uma, na quinta-feira, para tentar colocar cerca de 24 mil torcedores no duelo.

O último laudo, divulgado pelo Corpo de Bombeiros, nesta quarta-feira, diz que o estádio só permite 15.311 torcedores.

"Atualmente, o estádio de São Januário tem capacidade para 15.311 pessoas. A redução de público se deve a um não atendimento dos responsáveis pelo estádio a normas de segurança contra incêndio e pânico, como, por exemplo, iluminação de emergência, para-raios e plano de escape. Neste momento não há previsão de aumento da capacidade de público do estádio", informou a assessoria do Corpo de Bombeiros.

Mesmo com a indefinição do número total de ingressos que serão vendidos, o Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (GEPE) já está montando um esquema de policiamento com atenção redobrada. O efeito será composto por 180 para cuidar da segurança dos torcedores - o normal, em outros jogos, é de 120 homens.

Uma definição é esperada por parte da diretoria do Vasco ainda essa semana. O Estatuto do Torcedor permite que a venda de ingressos comece até 72 horas antes da partida. Como o jogo acontece no dia 19, a comercialização das entradas pode começar na terça-feira da semana que vem. Mesmo que permanece a capacidade de 15 mil torcedores, o Vasco descarta realizar o jogo em outro local.

Independentemente do número total de ingressos - 15 ou 24 mil -, a torcida do Corinthians vai ter direito a 10% da carga total. Uma das torcidas do Vasco fez um pedido para a diretoria do Vasco para que a carga fosse de 5% - a mesma aplicada em jogos da Arena -, mas o time carioca preferiu manter o número inicial.

Corinthians e Vasco pode decidir o título do Campeonato Brasileiro e também a permanência ou não do time carioca na zona de rebaixamento. A partida decisiva está marcada para quinta-feira, às 22h.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes