Corinthians brinca com prêmio da Fifa e sugere nome para o Bola de Ouro

Corinthians brinca com prêmio da Fifa e sugere nome para o Bola de Ouro

Por Meu Timão

9.7 mil visualizações 48 comentários Comunicar erro

Na manhã desta segunda-feira, a Fifa anunciou os finalistas ao prêmio Bola de Ouro de 2015. Os indicados a melhor jogador do ano são o brasileiro Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo. O Corinthians, no embalo, brincou com a premiação e arriscou uma indicação.

Em sua contas oficiais no Facebook, Twitter e Instagram, o Timão lembrou dos meias mais falados do Campeonato Brasileiro: Renato Augusto e Jadson. "A #FIFA que nos perdoe, mas o melhor jogador de 2015 é o #Renadson!", publicou o clube, com a montagem que mescla as feições dos dois jogadores.

A primeira vez que o Corinthians publicou a imagem com a hashtag '#Renadson' foi em meados do mês de outubro. A brincadeira, por sua vez, foi criada pelos torcedores corinthianos nas redes sociais, referindo-se à dificuldade por escolher o melhor entre os dois jogadores.

A dupla Renadson, porém, acompanhará a premiação do Bola de Ouro somente em 2016, no dia 11 de janeiro, na Suíça. A escolha do melhor jogador é feita com base em votação - composta por técnicos, atletas de Seleções e jornalistas.

Confira a publicação do Corinthians

Veja Mais:

  • Campeão paulista, Balbuena levantou sua terceira taça como jogador do Corinthians

    Corinthians anuncia renovação de contrato de Balbuena

    ver detalhes
  • Roger pode estrear pelo Timão no domingo, contra o Atlético-MG, fora de casa

    Corinthians com centroavante? Carille prevê chances pontuais a Roger até Copa do Mundo

    ver detalhes
  • Sheik comemora gol sobre Mirassol na Arena; atacante vai a Salvador com Timão

    Com Sheik, sem Renê: veja lista de relacionados do Corinthians para jogo contra o Vitória

    ver detalhes
  • Carille aposta em retorno de trio para surpreender Vitória no Barradão

    Carille arma Corinthians com três mudanças para estreia na Copa do Brasil

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes