Klar vai ajudar com reforços, investir mais de US$ 20 milhões por ano e patrocinar futsal; confira

Klar vai ajudar com reforços, investir mais de US$ 20 milhões por ano e patrocinar futsal; confira

Por Meu Timão

Klar foi apresentada na semana passada como nova patrocinadora do Timão

Klar foi apresentada na semana passada como nova patrocinadora do Timão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians anunciou a Klar como seu novo patrocinador. O que começou como um nome no ombro do uniforme pode acabar com naming rights, investimentos absurdos e até patrocínio no futsal. O presidente da empresa, Marcelo Prado, explicou em detalhes como funcionará a parceria entre a empresa e o Corinthians nos próximos anos.

Marcelo abriu o jogo à rádio Transamérica ao ser entrevistado por Marco Bello, colunista aqui do Meu Timão, sobre o acordo com o Corinthians. O presidente explicou como será o investimento na empresa no futebol, quais são os valores do acordo e como será feita a gestão do dinheiro investido no clube. Marcelo também confirmou que a empresa fez uma proposta pelos naming rights da Arena Corinthians.

Confira as declarações de Marcelo Prado sobre o patrocínio da Klar ao Corinthians

A parceria com o Corinthians

A Klar faz parceria com o Corinthians, a gestão é totalmente do Corinthians, é ele quem deve contratar. A Klar não opina em nada. É diferente daquela antiga gestão entre Palmeiras e Parmalat, que geria e trazia jogadores. Nós somos parceiros, mas a gestão e a contratação é totalmente independente. O Corinthians que faz. A Klar não ajuda nas contratações. A Klar é parceira do Corinthians, tem um valor de investimento aonde o clube faz a contratação de quem eles entenderem com esse investimento.

Patrocínio ao futsal

Todo o lucro de uma contratação do jogador, de uma revenda é exclusivamente do Corinthians. A empresa é parceira e o Corinthians tem a gestão livre. O nosso contrato é diferenciado dentro do esporte porque a Klar não está somente no Corinthians. Estamos no ciclismo, no vôlei com o Pinheiros, na Stock Car, então, estamos dentro do esporte. Estamos também no futsal. Vamos patrocinar o futsal do Corinthians, 2016 e 2017 nós vamos estar no futsal do Corinthians também.

Valores do contrato

Na verdade, o valor é variável. É um contrato de resultados entre Klar e Corinthians. Quanto melhor as duas empresas andarem juntas e conseguirem os objetivos, maior é o investimento. Nós temos o contrato mínimo de alguns milhões anuais e com o crescimento permanente. O nosso contrato hoje é de dois anos, com direito a renovação a mais três. Quanto mais espaço a Klar tiver no mercado com a ativação com o apoio do Corinthians, maior retorno tem da Klar ao Corinthians em investimento. Não posso falar os valores de 2016 e 2017, mas em 2018, 2019 e 2020, cada ano, passa de 20 milhões de dólares por ano. É uma partida bem menor, com crescimento, mas os últimos três anos nós chegaremos a esse patamar de acordo.

Exigência para renovação

A única exigência do acordo da Klar é que essa gestão que está lá, que é uma gestão séria, pessoal muito claro nos acordo, continue. Quando nós sentamos para conversas, Marcelo Passos, Gustavo e Roberto de Andrade, são pessoas muito sérias. É diferente de outros clubes que a gente é chamado para uma conversa de canto, de cafézinho, com isso por fora. No Corinthians não teve nada disso. É da nossa empresa direto para a empresa deles. Não houve intermediário algum, não houve comissão, ninguém pediu nada, uma transparência séria.

Patrocínio sem lugar fixo

A nossa marca é diferente. Esteve nas mangas nesse final de semana. Se o Corinthians precisar que a Klar jogue na meia, a Klar vai participar normalmente. Se precisar no peito, irá jogar. A definição é do Corinthians. O clube tem autonomia total.

Investimento em um reforço renomado

Reforço todo ano, independente das dificuldades financeiras, todo mundo traz. Agora quando a gente fala de reforço para o Corinthians, todo torcedor quer alguém de renome. Na verdade, há um grande nome, estava bem adiantado, mas por entrave familiar começou a semana passada a ver empecilhos. Porque é estrangeiro e é um nome internacional e é top. Se você fizer uma lista dos 30 melhores jogadores de futebol do mundo, qualquer um que entende futebol, coloca o nome dele. A família que está, como se diz, dificultando. É uma mudança difícil, de país, de crianças. A única dica que posso dar é que a seleção dele esteve entre os quatro finalistas aqui no Brasil - e não é o Brasil.

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes