Love volta a negar interesse da China e pede foco por Libertadores

Love volta a negar interesse da China e pede foco por Libertadores

Por Meu Timão

Elias e Vagner Love são alvos de clubes chineses e podem deixar o Corinthians nas próximas semanas

Elias e Vagner Love são alvos de clubes chineses e podem deixar o Corinthians nas próximas semanas

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O mercado chinês tem contribuído para a dor de cabeça dos dirigentes do Corinthians. Após levar Jadson e Bruno Mazziotti, o futebol asiático pretende contratar Elias e Vagner Love, remanescentes do hexacampeonato brasileiro. No entanto, segundo o próprio atacante, nenhum clube da China o procurou até o momento.

“Estamos tranquilos, curtindo as férias e vamos deixar as coisas acontecerem. Não gosto de falar 'fica, vai', até porque não tenho nada pra dizer. Mas a partir do momento que tiver alguma coisa concreta, aí sim. Chego, posso até falar se eu vou ficar ou não”, reafirmou Love durante uma pelada no Rio de Janeiro.

“E depende do Corinthians também, tenho contrato até agosto de 2016, quero poder cumpri-lo e poder fazer bons jogos esse ano novamente no Corinthians”, acrescentou o camisa 99, que terminou a temporada como vice-artilheiro do Brasileirão, com 14 gols marcados.

Na última terça-feira, o Timão conheceu os seus adversários da fase de grupos da Copa Libertadores da América. Integrante do Grupo 8, a equipe alvinegra enfrentará Cerro Porteño (PAR), Cobresal (CHI) e o vencedor do confronto entre Oriente Petrolero (BOL) e Independiente Santa Fé (COL). Sincero, Love pediu concentração para evitar outro revés, como ocorreu em 2015.

“Teoricamente vão falar que é fácil, né? (risos). Mas, se tratando de Libertadores, nada é fácil, ainda mais pro Corinthians. A gente sabe que tem que entrar focado, temos que fazer bons jogos até porque na última Libertadores ninguém sabia quem era o time do Paraguai que nos eliminou”, ponderou. Ele entende que o confronto no deserto do Atacama será complicado, mas não impossível.

“A gente sabe que se a gente for jogar lá na altitude também é difícil, enfim. Quem vem jogar aqui também, se pegar um jogo no verão também é difícil. A Libertadores é uma competição que requer muito do vigor físico, da disposição. Espero que o Corinthians esteja bem disposto pra fazer bons jogos.”

Veja Mais:

  • Recuperado de lesão, Balbuena volta a compor zaga com Pablo; dupla terá de parar melhor ataque do Paulista

    Defesa x ataque: Corinthians e São Paulo buscam vitória e equilíbrio em clássico no Morumbi

    ver detalhes
  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Após 1 a 1 na Arena, Timão volta a campo contra São Paulo na tarde deste domingo

    Rival tropeça, e Corinthians pode diminuir distância para primeira colocação geral

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes