Dinei revela euforia após se garantir na decisão do Mundial: 'Pudemos mostrar que aqui é Corinthians'

Dinei revela euforia após se garantir na decisão do Mundial: 'Pudemos mostrar que aqui é Corinthians'

Por Meu Timão

Ídolo da Fiel, Dinei foi um dos campeões do Mundial da FIFA em 2000

Ídolo da Fiel, Dinei foi um dos campeões do Mundial da FIFA em 2000

Foto: Reprodução

Há 16 anos, o Timão vencia o Al-Nassr por 2 a 0 e garantia a vaga para a decisão do primeiro Mundial de Clubes da FIFA. No Morumbi, Ricardinho e Rincón marcaram os gols que deram o acesso à final. Um dos personagens do sofrido duelo foi Dinei. O ídolo revelou detalhes da emblemática partida, que deixou todos os torcedores com o coração na mão.

“O que eu lembro daquele jogo contra o Al-Nassr foi que precisávamos de dois gols para ir à final contra o Vasco. E tivemos o Daniel expulso. Com a expulsão, o Osvaldo foi malandro e me chamou. Eu ia entrar no lugar do Vampeta, eu sendo atacante e com um a menos. Só que ele armou o time comigo no meio-campo, Ricardinho fazendo a função de volante e o Marcelinho de ala”, recordou o ex-camisa 18, ao Site Oficial do Corinthians.

O ex-jogador ainda declarou que, após aquela difícil partida, tinha convicção que nada mais atrapalharia o grupo alvinegro em busca da taça do mundo: “O segundo gol começou comigo, após chutão do goleiro. Aí eu limpei dois jogadores e toquei para o Luizão, que recuou para o Rincón chegar chutando e fazer o gol. Ali foi do caramba. Quando confirmou que iríamos para a final contra o Vasco, ninguém mais tirava aquele título da gente”, acrescentou.

Dinei fez questão de relembrar a emoção de garantir uma vaga na primeira final do Mundial eliminando o Real Madrid, um dos favoritos ao título na época.

“A gente ficou feliz, e o Real Madrid não superou a gente. Depois daquela provocação toda envolvendo o Edilson e o Karembeu, nós passamos para a final e pudemos mostrar que aqui é Corinthians .Não tem dinheiro que pague isso na carreira do jogador. Poder ver que você é campeão mundial por um clube é demais”, concluiu.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes