Dinei revela euforia após se garantir na decisão do Mundial: 'Pudemos mostrar que aqui é Corinthians'

4.2 mil visualizações 37 comentários

Por Meu Timão

Ídolo da Fiel, Dinei foi um dos campeões do Mundial da FIFA em 2000

Ídolo da Fiel, Dinei foi um dos campeões do Mundial da FIFA em 2000

Reprodução

Há 16 anos, o Timão vencia o Al-Nassr por 2 a 0 e garantia a vaga para a decisão do primeiro Mundial de Clubes da FIFA. No Morumbi, Ricardinho e Rincón marcaram os gols que deram o acesso à final. Um dos personagens do sofrido duelo foi Dinei. O ídolo revelou detalhes da emblemática partida, que deixou todos os torcedores com o coração na mão.

“O que eu lembro daquele jogo contra o Al-Nassr foi que precisávamos de dois gols para ir à final contra o Vasco. E tivemos o Daniel expulso. Com a expulsão, o Osvaldo foi malandro e me chamou. Eu ia entrar no lugar do Vampeta, eu sendo atacante e com um a menos. Só que ele armou o time comigo no meio-campo, Ricardinho fazendo a função de volante e o Marcelinho de ala”, recordou o ex-camisa 18, ao Site Oficial do Corinthians.

O ex-jogador ainda declarou que, após aquela difícil partida, tinha convicção que nada mais atrapalharia o grupo alvinegro em busca da taça do mundo: “O segundo gol começou comigo, após chutão do goleiro. Aí eu limpei dois jogadores e toquei para o Luizão, que recuou para o Rincón chegar chutando e fazer o gol. Ali foi do caramba. Quando confirmou que iríamos para a final contra o Vasco, ninguém mais tirava aquele título da gente”, acrescentou.

Dinei fez questão de relembrar a emoção de garantir uma vaga na primeira final do Mundial eliminando o Real Madrid, um dos favoritos ao título na época.

“A gente ficou feliz, e o Real Madrid não superou a gente. Depois daquela provocação toda envolvendo o Edilson e o Karembeu, nós passamos para a final e pudemos mostrar que aqui é Corinthians .Não tem dinheiro que pague isso na carreira do jogador. Poder ver que você é campeão mundial por um clube é demais”, concluiu.

Veja Mais:

  • Jacinto Antônio Ribeiro, o "Jaça", conselheiro vitalício do clube, e pivô de conflito com Brazil nas últimas semanas; Márcio Bittencourt, ex-jogador e ex-treinador da base do clube

    Desentendimento na base do Corinthians separa Sub-23 das demais categorias; entenda

    ver detalhes
  • Sylvinho tem 16 jogos no comando do Corinthians, com mais derrotas (seis) do que vitórias (quatro), além de seis empates; saldo de gols também é negativo (12x16) e o aproveitamento é de 37,5%

    Pressão sobre Sylvinho aumenta no Corinthians; dois fatores jogam a favor do treinador

    ver detalhes
  • Renato Augusto fez primeiro treino com os companheiros de equipe nesta segunda-feira

    Corinthians se reapresenta e Renato Augusto faz primeiro treino com elenco no CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Entre 2016 e 2018, Léo Príncipe esteve presente em 24 partidas no profissional e marcou um gol

    Corinthians faz acordo na Justiça e quitará dívida com Léo Príncipe em 12 parcelas; veja os detalhes

    ver detalhes
  • Bloqueio é referente a valores não pagos à Federação das Associações de Atletas Profissionais

    Corinthians tem quase R$ 2 milhões bloqueados pela Justiça por dívida com programa social

    ver detalhes
  • Giuliano e Renato Augusto estiveram na Neo Química Arena e viram in loco a derrota para o Flamengo, por 3 a 1; dupla ainda não tem condições legal e física para entrar em campo

    Corinthians pode não ter Renato Augusto contra o Santos; Giuliano tem mais chances de atuar

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x