Revista e torcedores franceses questionam contratação de Vagner Love pelo Monaco

Revista e torcedores franceses questionam contratação de Vagner Love pelo Monaco

Por Meu Timão

A revista francesa France Football não parece ter aprovado a contratação de Vagner Love pelo Monaco. A negociação, que deve render 1 milhão de euros (cerca de R$ 4,37 milhões) ao Corinthians, é vista como arriscada pela imprensa e pelos torcedores locais.

O veículo francês ressaltou o título da Copa da UEFA de 2005 conquistado por Love no CSKA, da Rússia, e o fato de o Artilheiro do Amor ter balançado as redes em sua passagem pelo Corinthians. Ainda assim, a publicação estampou a manchete "Vagner Love no Monaco? Sério?" e questionou se o atacante de 31 anos será capaz de suportar a intensidade do Campeonato Francês e da Copa da França.

Por fim, uma enquete foi criada pela France Football para que os internautas opinassem se a contratação de Vagner Love pelo Monaco foi ou não uma boa ideia. Até a tarde desta segunda-feira, 55% dos leitores cornetaram a chegada do jogador; por outro lado, 45% aprovaram o anúncio do jogador pelo clube francês.

Love chegou ao Corinthians em fevereiro de 2015. O atacante disputou 50 jogos pelo Timão e anotou 16 gols.

Confira a publicação da revista francesa

France Football usou foto de Love com a camisa do Flamengo

Veja Mais:

  • Timão venceu o Patriotas nesta quarta-feira na Arena

    Adversário do Corinthians nas oitavas da Sul-Americana é definido

    ver detalhes
  • Emerson Santos, do Botafogo, está no radar do Corinthians

    Corinthians se aproxima de zagueiro do Botafogo e tenta contratação imediata

    ver detalhes
  • Site da Nike está vendendo o novo modelo, que ainda não foi lançado oficialmente

    Nova terceira camisa do Corinthians é divulgada em site da Nike; veja fotos

    ver detalhes
  • Pedrinho comemorou primeiro gol pelo Corinthians com jantar no Burger King

    Pedrinho comenta pós-jogo no Burger King e confessa 'noite difícil' após gol pelo Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes