Há exatos 16 anos, Corinthians conquistava primeiro Mundial de Clubes reconhecido pela Fifa

Há exatos 16 anos, Corinthians conquistava primeiro Mundial de Clubes reconhecido pela Fifa

Por Meu Timão

Uniforme 1 atual do Timão é inspirado na camisa do Mundial de Clubes em 2000

Uniforme 1 atual do Timão é inspirado na camisa do Mundial de Clubes em 2000

Há exatos 16 anos, o Corinthians conquistava um dos maiores títulos de sua história. Em 14 de janeiro de 2000, o Timão comandado por Oswaldo de Oliveira bateu o Vasco em pleno Maracanã e conquistou o primeiro Mundial de Clubes da Fifa.

O Corinthians entrou em campo com Dida, Índio, Adílson, Fábio Luciano e Kléber; Rincón, Vampeta (Gilmar), Ricardinho (Edu) e Marcelinho; Edílson (Fernando Baiano) e Luizão. Após empate em 0 a 0 com a bola rolando, o Timão derrotou os cariocas nos pênaltis por 4 a 3.

Assim como acontece nos moldes do Mundial de Clubes atualmente, o regulamento da época previa que o atual campeão nacional do país-sede participasse do torneio. Bicampeão em 1998 e 1999, o Timão recebeu o convite e participou da competição junto com Al-Nassr (Campeão da Supercopa da Ásia 1998), Manchester United (Campeão da Liga dos Campeões da UEFA 1998-99), Necaxa (Campeão da Liga dos Campeões da CONCACAF 1999), Raja Casablanca (Campeão da Liga dos Campeões da África 1999), South Melbourne (Campeão da Liga dos Campeões da OFC 1999), Vasco da Gama (Campeão Copa Libertadores da América 1998) e Real Madrid (Campeão da Copa Intercontinental 1998).

Vale lembrar que, de acordo com o site da Fifa, o Corinthians é o brasileiro com mais títulos mundiais (2000 e 2012). No mundo, apenas o Barcelona tem mais conquistas (2009, 2011 e 2015).

Veja Mais:

  • Emerson Sheik com a camisa do Corinthians em coletiva no CT

    Emerson Sheik é apresentado, diz entender desconfiança e promete dar resposta em campo

    ver detalhes
  • Sheik assinou contrato até o fim de junho

    Emerson Sheik fala sobre contrato de seis meses, aposentadoria e possível renovação com Corinthians

    ver detalhes
  • Sheik beijou escudo do Corinthians ao ser apresentado

    Sheik faz juras de amor ao Corinthians e relembra jogo na Arena pela Ponte: 'Foi estranho'

    ver detalhes
  • Sheik recebeu camisa das mãos do gerente de futebol Alessandro Nunes

    Acostumado a jogar com camisa 11, Sheik revela ideia 'irada' sobre novo número

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes