Pato ficou 13% mais barato na Europa, mas Corinthians se dá bem com valorização de 45%; entenda

Pato ficou 13% mais barato na Europa, mas Corinthians se dá bem com valorização de 45%; entenda

Por Meu Timão

Após ser comprado do Milan (ITA) por R$ 40 milhões, Pato se apresentou ao Timão em 2013

Após ser comprado do Milan (ITA) por R$ 40 milhões, Pato se apresentou ao Timão em 2013

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

A provável transferência de Alexandre Pato do Corinthians para o Chelsea é um curioso caso em que ambos os clubes podem se dar bem financeiramente. Por conta da desvalorização da moeda brasileira, o Timão tirará proveito da negociação mesmo o atacante tendo desvalorizado.

Conforme apontado pelo programa de TV fechada Seleção Sportv, o jogador foi adquirido pelo Corinthians em 2013, quando jogava pelo Milan, por 15 milhões de euros. Na época, o euro estava cotado em R$ 2,6, e, portanto, o Timão pagou algo em torno de R$ 40 milhões.

Passados três anos, o euro está cotado em R$ 4,4. Assim, a oferta de 13,1 milhões de euros do Chelsea representa R$ 58 milhões para o Corinthians. Na moeda europeia, Pato desvalorizou 13,3%; na brasileira, valorizou 45%.

Vale lembrar que o Corinthians aceitou pagar a Pato 40% do valor adquirido em caso de uma eventual venda do atacante. Ou seja, o Timão ficaria com R$ 34,8 milhões, e o jogador, com R$ 23,2 milhões.

Veja Mais:

  • Thiago Duarte chegou a chorar após a partida por conta do erro

    Árbitro retifica súmula do clássico entre Corinthians e Palmeiras

    ver detalhes
  • Rodriguinho segue no aguardo da renovação de seu contrato

    Reunião não define renovação de Rodriguinho com Corinthians; novo encontro é a esperança

    ver detalhes
  • Tchê Tchê afirmou que teria dado tapa na cara de Gabriel em confusão

    Volante do Palmeiras comemora expulsão de Gabriel: 'Eu já ia ter dado um tapa'

    ver detalhes
  • Kazim aplicou um belo chapéu em Felipe Melo no clássico

    Corinthians divulga vídeo com belos chapéus de Romero e Kazim no Dérbi; confira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes