Léo Jabá evita polêmica: 'A gente não conversa 'você errou', a gente apoia'

Léo Jabá evita polêmica: 'A gente não conversa 'você errou', a gente apoia'

Por Meu Timão

Titular neste sábado, Léo Jabá evitou polemizar derrota nos pênaltis para o Flamengo

Titular neste sábado, Léo Jabá evitou polemizar derrota nos pênaltis para o Flamengo

Foto: Denny Cesare/Ag. Corinthians

O atacante Léo Jabá tratou de pôr panos quentes após o revés do Corinthians para o Flamengo, neste segunda, no Pacaembu. Depois de abrir uma vantagem por dois gols no placar, o Timão cedeu espaços e viu a equipe carioca empatar o confronto, levando a decisão da Copa São Paulo de Futebol Júnior para as penalidades máximas.

Tido como principal promessa das categorias de base, Léo Jabá evitou entrar em polêmica sobre a tentativa mal executada de cavadinha do meia Matheus Pereira. “A gente não conversa 'você errou', a gente apoia. Aqui é um grupo, é união”, ponderou o camisa 20. Claudinho e Gabriel Vasconcelos também desperdiçaram suas cobranças.

“Primeiramente, tenho que agradecer aos torcedores que compareceram. Infelizmente não fizemos um bom segundo tempo, principalmente eu, que errei uma bola. Mas é como eu disse ali, é uma questão de maturidade, sei que sou jovem ainda e tenho muito que aprender”, admitiu.

No início do segundo tempo, Léo Jabá errou um passe na ponta direita e concedeu o contra-ataque ao Flamengo. A falha do garoto fez com que o rival da Gávea chegasse ao segundo gol. Na sequência, o técnico Osmar Loss promoveu a entrada do atacante Claudinho em seu lugar.

“Mas é aquilo ali, a gente fica com o coração na mão, porque você quer ajudar numa bolinha, principalmente ali na decisão de pênaltis. A gente confiando nos nossos cobradores, no nosso goleiro que é um goleiro excelente, que trabalha comigo desde a seleção sub-14”, lamentou Jabá.

“Infelizmente, não aconteceu hoje, mas temos que aprender, o ano tá ai, só tá começando (sic)”, disse ainda, projetando o futuro na equipe profissional. “Como eu venho sempre pensando e sempre boto na minha cabeça. Sou muito jovem, tenho 17 anos, tenho que agradecer os elogios”.

Veja Mais:

  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô teve atuação discreta na derrota para Vitória

    Cássio é eleito destaque de derrota do Corinthians; quarteto ofensivo destoa

    ver detalhes
  • Arena Corinthians recebeu 42.075 pagantes nesta tarde de sábado

    Fiel canta na Arena após primeira derrota do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Balbuena está fora do confronto de quarta-feira

    Balbuena leva terceiro amarelo, e Corinthians enfrentará Chape com zaga de jovens da base

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes