Presidente do Corinthians surpreende e coloca dois brasileiros como favoritos na Libertadores

Presidente do Corinthians surpreende e coloca dois brasileiros como favoritos na Libertadores

Por Meu Timão

Roberto de Andrade assumiu a presidência do Timão em fevereiro de 2015

Roberto de Andrade assumiu a presidência do Timão em fevereiro de 2015

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, surpreendeu ao apontar quais clubes brasileiros têm mais chances na atual edição da Libertadores. Em entrevista ao programa de TV paga Boa Noite, da Fox Sports, o mandatário alvinegro deixou o Timão "de fora":

"Acho que Grêmio a Atlético-MG estão um pouco à frente, estão um pouco à nossa frente", opinou Andrade.

"Nessa ordem que eu falei: Grêmio e Atlético-MG", completou.

Em meio à discussão com jornalistas presentes no programa, o presidente corintiano explicou que a reformulação enfrentada atualmente pelo Timão em contraponto com a permanência de boa parte dos elencos de Grêmio e Atlético-MG pesa no momento de apontar um favorito.

"Bolãnos, por exemplo, é um jogador que chegou num time pronto", argumentou, se referindo ao equatoriano recém-contratado pelo Grêmio.

Vale lembrar que a delegação do Corinthians desembarcou em Santiago, capital do Chile, na noite dessa segunda-feira. O Timão estreia na Libertadores nesta quarta-feira, Às 21h45 (horário de Brasília), contra o Cobresal.

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão com 18 gols, Jô está escalado

    Corinthians é escalado com seis mudanças para clássico diante do Flamengo

    ver detalhes
  • Antes doo Dérbi, mais de 30 mil corinthianos apoiaram os jogadores alvinegros

    Diretor se anima com chance de mais treinos abertos na Arena: 'Talvez antes do próximo jogo'

    ver detalhes
  • Jô soma 18 gols pelo Corinthians neste Brasileirão

    Casagrande vê corinthiano Jô pronto para voltar à Seleção: 'Ano sensacional!'

    ver detalhes
  • Vágner Love foi quem marcou no empate decisivo para sagrar o título do Corinthians

    Há dois anos, Corinthians garantia hexa do Brasileirão com empate no Rio de Janeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes