Técnico do Cobresal vê soberba em declarações de jogadores do Corinthians

Técnico do Cobresal vê soberba em declarações de jogadores do Corinthians

Por Meu Timão

O estádio do Cobresal fica no deserto do Atacama, no Chile

O estádio do Cobresal fica no deserto do Atacama, no Chile

Foto: Reprodução

O Cobresal, do Chile, deve entrar em campo "mordido" diante do Corinthians, na noite desta quarta-feira (21h45, horário de Brasília), pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores. Ao menos é o que sinaliza o treinador da equipe, Dalcio Giovagnoli.

Em entrevista à Rádio ADN, o comandante do Cobresal reclamou de uma suposta soberba dos jogadores do Corinthians diante da equipe chilena, que disputou a Libertadores uma única vez em toda a história. O incômodo de Giovagnoli diz respeito a corintianos que haviam dito conhecer pouco sobre o adversário desta noite.

"Neste futebol atual não se pode ser tão depreciativo. Se realmente disseram isso (não conhecer o Cobresal), eles estão lidando com um grau de soberba que não seria justo", afirmou o técnico, nessa terça-feira.

"Não sei se a altitude pode chegar a ser uma grande vantagem para nós, mas fora do campo, no psicológico, é muito importante. Somos muito conscientes de que para poder projetarmos e termos chance de classificação temos que ser fortes em casa", completou.

Na última segunda, por exemplo, o atacante Lucca admitiu que o elenco alvinegro conhecia pouco sobre os jogadores do Cobresal. O que havia sido passado pela comissão técnica até então dizia respeito a fatores extracampo.

"Não temos muitas informações. Foi passado que é muito calor, altitude. Temos de saber lidar com isso. Libertadores tem dificuldades", comentou o camisa 30 corintiano, na ocasião.

Vale lembrar que o Grupo 8 da Libertadores já teve sua primeira partida. Santa Fe e Cerro Porteño, adversários de Corinthians e Cobresal nesta primeira etapa da competição sul-americana, empataram sem gols.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes