Craque do futsal corinthiano em 2015, Neto acerta com equipe croata

Craque do futsal corinthiano em 2015, Neto acerta com equipe croata

Por Meu Timão

Eleito melhor do mundo em 2012, Neto conquistou a Liga Futsal de 2015 pelo Timão

Eleito melhor do mundo em 2012, Neto conquistou a Liga Futsal de 2015 pelo Timão

Um dos principais jogadores que deixou o Corinthians na reformulação que o time de futsal sofreu para 2016, Neto anunciou nesta semana que irá jogar na Europa. Por meio do seu Facebook, o jogador confirmou que acertou seu vínculo com o FC Split Tommy, da Croácia, até o final deste ano.

“Experiência nova, em um país diferente, mas que com certeza defenderei com toda dedicação que tive em todos os clubes que passei. Me apresento no início de março e farei parte da equipe até o final da temporada. Que Deus me abençoe e me ilumine nesse novo desafio” declarou o atleta.

Ao lado de Simi, Neto era uma das principais estrelas da equipe na temporada passada. Pelo Timão, ele conquistou o título da Liga Paulista de 2015. No entanto, o time perdeu seus dois melhores atletas e outros seis jogadores em um grande desmanche devido ao corte de orçamento do clube.

Eleito o melhor jogador de futsal do mundo em 2012, Neto chegou ao Corinthians no final de 2013 e teve sua saída confirmada após a eliminação na semifinal da Liga Futsal do ano passado.

Veja Mais:

  • Conversa definirá participação de Romero nesta quinta-feira

    Romero é aguardado no CT do Corinthians; atacante pode ser até titular contra o Linense

    ver detalhes
  • Brasil venceu o Paraguai na Arena Corinthians

    Torcedores e jornalistas sul-americanos enaltecem beleza da Arena Corinthians; veja as declarações

    ver detalhes
  • Fagner aplicou um lindo chapéu no adversário paraguaio

    Corinthians destaca lindo chapéu de Fagner pela Seleção; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Gabriel é provável titular diante do Linense nesta quarta-feira; seu companheiro de setor, Maycon, está vetado

    Corinthians encara Linense na Arena em última prova antes de decisões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes