Desgaste vira preocupação no Corinthians no início da temporada 2016

Desgaste vira preocupação no Corinthians no início da temporada 2016

Por Meu Timão

Fábio Mahseredjian e Tite lamentam falta de tempo para recuperação dos atletas

Fábio Mahseredjian e Tite lamentam falta de tempo para recuperação dos atletas

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Após realizar pré-temporada na Flórida, o Corinthians disputou seis jogos oficiais neste ano, sendo que quatro deles foram realizados no período de 11 dias. A grande quantidade de partidas em pouco tempo já vem trazendo consequências negativas para o elenco e foi apontada como uma das principais preocupações da comissão técnica neste início de temporada.

"Estamos vindo de muitos jogos, viagens longas, e depois de Sorocaba temos o Oeste no sábado. Jogos com intervalos menores do que 72 horas trazem riscos maiores. Avaliamos os minutos jogados de cada atleta, e aí passei ao Tite a necessidade de preservar alguns deles", disse Fábio Mahseredjian, preparador físico do Timão, explicando que o intervalo de jogos não é suficiente para a recuperação dos jogadores.

"A energia que você consome num jogo de futebol praticamente acaba com suas reservas, você fica com o tanque vazio. Para encher de novo, demora aproximadamente 72 horas. Por isso, além do risco de lesão, tem a queda de performance. Alguns não se desgastam tanto, mas os exames detectam. Hoje tinha atletas ainda com nota 6, 7 de cansaço, nem estão recuperados de domingo", completou o preparador, em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava.

Para a partida desta quarta-feira, contra o São bento, pela sexta rodada do Campeonato Paulista, as baixas do Corinthians são Elias, Marlone e Cássio. Além de aumentar o risco de lesão, a quantidade de jogos prejudica Tite, que não consegue dar continuidade aos seus jogadores e é praticamente obrigado a fazer alterações em todas as partidas.

"Gostaria que houvesse tempo suficiente para a recuperação de todos, colocar dois em cada função e ver o desempenho determinar a titularidade. Dou um mínimo de oportunidades, uma sequência de três jogos, mais ou menos, dependendo do desempenho. Um está bem, o outro pode estar melhor ainda. Avalio o momento. Gostaria que fosse assim", disse o treinador.

Com a ausência de Cássio, que teve constatado um edema na coxa, o Corinthians não terá nenhum jogador que disputou todos os jogos na temporada, já que o goleiro era o único que havia participado dos seis compromissos oficiais do time no ano.

Veja Mais:

  • Léo Santos (à dir.) deixou atividade mais cedo por conta de bolhas nos pés; Paulo Roberto foi testado na zaga

    Zagueiro deixa treino e faz Carille improvisar nesta quinta-feira; veja escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • O meia Régis, do Bahia, recebeu elogios do técnico Fábio Carille

    Corinthians prioriza reforço para a zaga, e dispensa indicação por meia do Bahia

    ver detalhes
  • Sem oportunidades, Bruno Paulo está próximo de deixar o Corinthians

    Fora dos planos do Corinthians, Bruno Paulo negocia com time pernambucano

    ver detalhes
  • Arena Corinthians pode ser palco de mais uma grande disputa do futebol mundial

    Arena Corinthians aparece em lista de prováveis sedes para finais da Libertadores

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes