Transferência fechada no metrô complica volta para casa dos torcedores corinthianos

Transferência fechada no metrô complica volta para casa dos torcedores corinthianos

Por Meu Timão

Horário das partidas segue causando problemas a torcedores que dependem do transporte público

Horário das partidas segue causando problemas a torcedores que dependem do transporte público

Foto: Cláudio Gonçalves/Fórum Meu Timão

O horário dos jogos durante a semana segue sendo um problema para os torcedores que dependem do transporte público. Nesta quarta-feira, após a primeira partida do Timão na Arena Corinthians pela Copa Libertadores, novamente corinthianos foram prejudicados na hora de voltar para casa.

No Fórum do Meu Timão, logo após a partida, um torcedor relatou que ele e um grupo de corinthianos foram surpreendidos e não conseguiram fazer a transferência para a linha Amarela do Metrô ao desembarcarem na estação Luz, às 0h35.

Em 2014 e no início de 2015, a diretoria do Alvinegro conseguiu chegar em um acordo com empresas de transporte público para prolongar o horário de fechamento das estações. No entanto, os 20 minutos a mais estipulados pela mantenedora do metrô muitas vezes também não eram suficientes para parte dos torcedores.

O horário dos jogos do meio de semana sempre foi alvo de críticas e é, inclusive, ums das motivações para os diversos protestos que as torcidas organizadas do Corinthians vem fazendo neste início de ano.

Além de cobrar a punição a Fernando Capez, envolvido no esquema de corrupção das merendas escolares, e criticar a FPF e a CBF, as torcidas também criticam publicamente a Rede Globo, responsável por impor o horário da partida por ser a detentora dos direitos de transmissão.

Nas últimas partidas, faixas levadas aos estádios em forma de protesto - que vem ganhando apoio em todo o Brasil - citam que o horário é abusivo e prejudica os torcedores: "Não sou vagabundo. Trabalho amanhã. Não aos jogos às 22h".

Nesta quarta-feira, inclusive, a Globo se manifestou pela primeira vez sobre as faixas estendidas na Arena Corinthians no intervalo do duelo contra o Santa Fe. Ao ver as mensagens “Futebol Refém da Rede Globo” e “Globo Manipuladora”, Galvão Bueno mudou a estratégia e se posicionou sobre o assunto pela primeira vez desde que os protestos começaram.

Veja Mais:

  • Carille comandou o treino do Corinthians deste sábado, no CT Joaquim Grava

    Pablo treina, e Carille define escalação do Corinthians contra o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Clayson foi relacionado pela primeira vez no Corinthians

    Com estreia de Clayson e Pablo, Corinthians relaciona 22 contra Atlético-GO

    ver detalhes
  • Roberto (à esq.) está pessimista por negócio com Cicinho

    Roberto de Andrade esclarece especulações, vê Cicinho distante e abre o jogo sobre Nenê

    ver detalhes
  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes