Há 121 anos nascia o primeiro grande ídolo da história do Corinthians

Há 121 anos nascia o primeiro grande ídolo da história do Corinthians

Por Meu Timão

Primeiro ídolo do Timão, Neco completaria 121 anos nesta semana

Primeiro ídolo do Timão, Neco completaria 121 anos nesta semana

Foto: Reprodução

No dia 7 de março de 1895 nascia Manoel Nunes, mais conhecido como Neco, o primeiro ídolo da história do Corinthians. O atacante completaria 121 anos nesta segunda-feira. Ele atuou nos primórdios do clube alvinegro, quando o time ainda estava saindo do amadorismo. Em 20 anos como jogador corinthiano, Neco fez 296 partidas e anotou 235 gols.

No primeiro jogo da história do clube, contra o União Lapa, o atacante fazia parte do terceiro quadro da equipe. O ídolo teve participação decisiva na primeira conquista da história do Corinthians, no Campeonato Paulista de 1914, ao ser o artilheiro do torneio com 12 gols marcados.

Conquistaria mais sete títulos estaduais em sua passagem pelo clube alvinegro. Como jogador de futebol é o terceiro que mais conquistou títulos pelo clube, sendo superado apenas por Marcelinho Carioca e Júlio César - esse último conquistou a maior parte dos troféus entre os reservas do clube.

Ao lado de Amílcar Barbuy, Neco foi o primeiro corinthiano convocado para a Seleção Brasileira, em 1917. Sua passagem pela amarelinha teve 16 participações e nove gols anotados. Encerrou sua trajetória como atleta alvinegro em 1930. Depois ainda comandou a equipe em mais 66 partidas (com 29 vitórias, 15 empates e 22 derrotas), e conquistou um Campeonato Paulista em 1937.

Veja Mais:

  • Final da Flórida Cup 2017, único revés em mata-mata para o Corinthians no Século 21

    Após seis triunfos, Timão perde primeiro mata-mata para o São Paulo no Século 21

    ver detalhes
  • Não agradou - Titular no Majestoso, Guilherme teve atuação discreta na decisão da Florida Cup

    Meia do Corinthians tem nota próxima do zero após empate

    ver detalhes
  • Timão disputou primeiro clássico de 2017 na noite deste sábado

    Clássico termina empatado e Corinthians perde título para rival nos pênaltis

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel foi chutado por Bruno

    Marquinhos Gabriel leva chute na cabeça; árbitro ignora, mas expulsa Kazim e Maicon

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes