Cássio assume atuação fraca, mas diminui importância de derrota na Vila

Cássio assume atuação fraca, mas diminui importância de derrota na Vila

Por Meu Timão

Cássio minimiza a derrota para o Santos, mas reconhece o jogo ruim

Cássio minimiza a derrota para o Santos, mas reconhece o jogo ruim

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Pelo Campeonato Paulista, o Corinthians teve sua primeira derrota oficial na temporada. O Timão foi superado pelo Santos na Vila Belmiro - o rival venceu por 2 a 0 a equipe mista do Alvinegro. Um dia após o revés, o goleiro Cássio admitiu que o clube não rendeu todo o que podia.

"Eu acho que tira a lição deles terem feito um jogo melhor. Nosso primeiro tempo foi bem abaixo, todo mundo. Segundo tempo teve um volume melhor, mas nós podemos jogar mais do que jogamos nessa última partida", explicou o goleiro.

O camisa 12 assumiu que o rival foi superior na partida, mas alega que o clube não deve fazer tempestade por perder uma partida. Ele também pediu um time mais atento e competitivo dentro de campo.

"É nessa hora que a gente cresce, não fizemos uma grande partida ontem, ficamos um pouco abaixo do ritmo do Santos. Temos de melhorar, entrar mais ligados. Não podemos fazer uma tempestade porque perdemos uma partida. É ruim, claro, mas tem de virar a página, olhar o que temos de melhorar. Nosso time tem de ficar mais atento e competitivo desde o início da partida", detalhou.

Mesmo sem fazer alarde com a derrota, o arqueiro reafirmou os pontos negativos trazidos com o resultado.

"Eu acho que perder sempre é ruim, indiferente de clube, equipes, perder é ruim, tivemos uma atuação ninguém nem mencionou que a linha de defesa não jogou junto, nós esgotamos falando que não jogamos bem, a equipe não foi bem, tivemos humildade de assumir isso. tínhamos que melhorar, nós temos muito a crescer, primeiro passo é esse", argumentou o camisa 12.

Mal na primeira etapa de jogo, o Timão não conseguiu criar chances claras de gol. O clube alvinegro viu o Santos abrir o placar logo aos oito minutos de partida. Depois disso, o Timão errou muitos passes no meio de campo, que impossibilitaram uma chegada ao gol defendido pelo santista Vanderlei. O goleiro do Timão voltou a falar sobre a atuação abaixo da média na primeira etapa, e viu essa parte de jogo como a pior em seus três anos de Corinthians.

"Primeiro tempo foi bem abaixo. Se for comparar, acho que da pra comparar todos os jogos contra o Santos. Foi bem abaixo ate do que nos esperávamos. acho que foi um dos piores inícios de primeiro tempo desde que eu estou no Corinthians", afirmou.

Na próxima quarta-feira, o Corinthians vai ao Paraguai para enfrentar o Cerro Porteño, pela Libertadores. Cássio provavelmente será o goleiro titular na terceira partida do Timão pelo torneio continental.

Veja Mais:

  • 'General' Balbuena marcou na Colômbia e salvou o Corinthians

    Balbuena marca nos acréscimos e Corinthians se salva de vexame na Colômbia pela Sul-Americana

    ver detalhes
  • Balbuena (à esq.) auxiliou Carille na tradução de perguntas em espanhol após empate em Tunja

    Após noite de herói, Balbuena ataca até de tradutor para Carille em coletiva

    ver detalhes
  • Timão sofreu, mas conseguiu empatar com Patriotas no 'apagar das luzes'

    Dez tweets que descrevem a sensação de todo corinthiano com o empate na Colômbia

    ver detalhes
  • Moisés foi um dos destaques negativos do Corinthians nesta quarta

    Torcida do Corinthians salva Balbuena e detona dupla de jogadores após empate na Colômbia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes