Torcedores cobram o Corinthians e a Arena por atitude da PM

Torcedores cobram o Corinthians e a Arena por atitude da PM

Por Meu Timão

Pai e filho chorando após bombas atiradas pela polícia militar

Pai e filho chorando após bombas atiradas pela polícia militar

Foto: Reprodução / Twitter

A torcida do Corinthians voltou a sofrer com a ação truculenta da polícia na Arena. Neste sábado, policiais encurralaram parte da Fiel na saída do estádio, atiraram bombas e balas de borracha e provocaram entre os corinthianos. Desta vez, contudo, os torcedores não aguentaram calados.

Em poucos minutos após o ocorrido, diversos relatos e manifestações de repúdio à ação da polícia foram espalhados em redes sociais. Nem mesmo uma publicação do próprio Corinthians saiu ilesa. O comentário mais curtido do post pós-jogo do Timão não dizia respeito à goleada sobre o Linense, mas sim à omissão do clube e ao abuso de autoridade da PM.

Vale lembrar que este não é o primeiro registro de ação truculenta da polícia na Arena Corinthians em 2016. Quarta-feira passada, organizadas no setor Norte foram expulsas do jogo sob golpes de cassetetes. No último dia 2, um torcedor foi arrastado numa escada do setor Sul. Na ocasião, o Corinthians se isentou de responsabilidade e alegou que a PM tem livre arbítrio durante os jogos. Anteriormente, em 11 de fevereiro, parte da torcida alvinegra foi agredida por policiais porque estenderam faixas de protesto nas arquibancadas do setor Norte.

Veja os comentários de torcedores em redes sociais

Veja Mais:

  • Paulo Roberto e Danilo treinaram com bola nesta terça e estão à disposição para pegar Grêmio

    Volta de Paulo Roberto, susto de Pedrinho e possível escalação: o treino do Corinthians

    ver detalhes
  • Gabriel está de volta ao Corinthians após cumprir suspensão

    Trio volta, e Corinthians relaciona 24 jogadores para enfrentar Grêmio; veja lista

    ver detalhes
  • Corinthians venceu o Paulistão no começo do ano

    Corinthians conhece adversários de grupo do Campeonato Paulista de 2018; veja as chaves

    ver detalhes
  • Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio, resolveu pressionar a arbitragem

    Presidente do Grêmio pressiona arbitragem antes do duelo com o Corinthians: 'careca vagabundo'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes