Reunião entre Corinthians e PM acontece nesta terça para discutir fim das ações violentas contra torcida

Reunião entre Corinthians e PM acontece nesta terça para discutir fim das ações violentas contra torcida

Por Meu Timão

Torcida é encurralada pela polícia na saída da Arena. Ao fundo, caminhão do Choque

Torcida é encurralada pela polícia na saída da Arena. Ao fundo, caminhão do Choque

Foto: Reprodução/Twitter

Corinthians e polícia militar de São Paulo devem sentar à mesa nesta terça-feira para tratar das ações violentas da PMs contra torcedores do Timão nos últimos jogos ocorridos na Arena. A informação foi divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo.

No início de tarde dessa segunda-feira, o Corinthians emitiu uma nota esclarecendo ser contrário a qualquer forma de violência. No comunicado, o clube informou que já havia entrada em contato com o comando da polícia e que marcaria uma reunião para os próximos dias.

O estopim do abuso policial aconteceu no último sábado, após a goleada alvinegra por 4 a 0 sobre o Linense, pelo Campeonato Paulista. Na saída do estádio, torcedores foram surpreendidos e encurralados por bombas e balas de borracha disparadas pela polícia.

Vale lembrar que este não é o primeiro registro de ação truculenta da polícia na Arena Corinthians em 2016. Na quarta-feira passada, as organizadas foram expulsas sob golpes de cassetetes do setor Norte após jogo contra o Cerro Porteño.

No último dia 2, um torcedor foi arrastado numa escada do setor Sul. Na ocasião, o Corinthians se isentou de responsabilidade e alegou que a PM tem livre arbítrio durante os jogos.

Anteriormente, em 11 de fevereiro, parte da torcida alvinegra foi agredida por policiais porque estenderam faixas de protesto nas arquibancadas do setor Norte.

Veja Mais:

  • Carlinhos marcou o seu décimo gol na competição

    Corinthians atropela Juventus na semifinal da Copinha e busca pelo décimo título

    ver detalhes
  • Filipe recebeu a maior nota da Fiel após partida contra o Juventus

    Disputa de craque da partida fica dividida entre goleiro e meia-atacante do Corinthians

    ver detalhes
  • Brendon teria nascido em 1994 e não em 1997 como diz seus documentos

    Adversário do Corinthians na final da Copinha pode ser eliminado da competição

    ver detalhes
  • Drogba quer conversa com técnico e presidente antes de decisão

    Avaliando proposta, Drogba quer contato direto com técnico e presidente do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes