Por causa de show, Corinthians enfrenta Palmeiras no Pacaembu

Por causa de show, Corinthians enfrenta Palmeiras no Pacaembu

Por Meu Timão

30 mil visualizações 202 comentários Comunicar erro

Pacaembu receberá clássico com mando do Palmeiras

Pacaembu receberá clássico com mando do Palmeiras

Divulgação

O clássico entre Corinthians e Palmeiras, no próximo dia 3 de abril, previsto inicialmente para o Allianz Parque, foi transferido para o Pacaembu. O motivo é a realização de um show da banda britânica Coldplay no dia 7 de abril no estádio do arquirrival.

O Meu Timão entrou em contato com a assessoria do Palmeiras, que confirmou a informação.

Curiosamente, a mesma turnê do Coldplay também provocou alterações num outro jogo do Timão. No dia 13 de abril, a banda se apresentará no El Campín, casa do colombiano Santa Fe. Assim, o jogo previsto para dia 13 foi adiantado para dia 6.

No que diz respeito ao clássico contra o Palmeiras, o clube tem um acordo com a WTorre no qual a preferência é para eventos musicais em detrimento de partidas de futebol. A empresa, por sua vez, paga uma porcentagem do valor recebido pelo show ao arquirrival do Timão.

Fato é que, no Allianz Parque, o Corinthians segue invicto. Foram dois jogos, com uma vitória corinthiana por 1 a 0 e um empate por 3 a 3.

Veja Mais:

  • Cássio pode virar estátua no Parque São Jorge nos próximos meses

    Grupo de conselheiros do Corinthians quer estátua para Cássio; Meu Timão teve acesso à carta

    ver detalhes
  • Manoel jogou machucado os 90 minutos da finalíssima entre Corinthians e São Paulo

    Manoel detalha dores após jogar final lesionado, e Corinthians tem dúvida total na zaga de quarta

    ver detalhes
  • Quatro jogadores do Corinthians serão premiados na noite desta segunda-feira

    Corinthians emplaca quatro jogadores na seleção do Paulistão 2019; premiação rola nesta noite

    ver detalhes
  • Jadson posou com troféu do Paulistão-2019 no vestiário da Arena Corinthians

    Multicampeão pelo Corinthians, Jadson provoca São Paulo: 'Igual mesário de eleição'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes