Nem precisava, mas Mano projeta 'equipe ideal' contra o Palmeiras

A força máxima – ou a chamada 'equipe ideal' - do Corinthians tem data para ser testada: 31 de janeiro, no clássico contra o arquirrival Palmeiras, no Pacaembu.
Ronaldo irá reencontrar o Palmeiras

Ronaldo irá reencontrar o Palmeiras

A força máxima – ou a chamada "equipe ideal" - do Corinthians tem data para ser testada: 31 de janeiro, no clássico contra o arquirrival Palmeiras, no Pacaembu.

Apesar de não ter o elenco em condições plenas, o técnico Mano Menezes projeta o que tem de melhor. Na partida, terá à disposição Edu, que fará sua estreia neste sábado, contra o Oeste, em Araraquara, e Danilo, que irá para o jogo na próxima quarta, contra o Mirassol.

- A evolução que os jogadores apresentarem já me dará a ideia do famoso time que será o da estreia na Libertadores, que vocês falam 24h por dia (risos). Quando todos estiverem em boas condições, não terei dificuldade para encaixar a equipe - disse Mano Menezes.

Ainda que o objetivo maior do centenário seja a Libertadores, o treinador não esconde a preocupação com o Paulistão. O Corinthians não vence o Palmeiras há mais de três anos. Desde 2006, foram sete jogos - cinco derrotas e dois empates.

- Dentro do campo, o centenário será um ano como todos os outros. Teremos de jogar muito para ganhar dos principais adversários e ganhar jogos importantes - disse Mano, em entrevista exclusiva ao LANCENET!.

Ronaldo, Roberto Carlos, William e Iarley, que serão poupados neste fim de semana, são os exemplos do planejamento visando o rival.

A ideia é que o jogo contra o Mirassol, quatro dias antes do clássico, sirva para testar a base. Aqueles que apresentarem risco de lesão por desgaste físico ou necessidade de reforço muscular ainda serão poupados.

O lateral-esquerdo Roberto Carlos afirma que será um clássico normal, mas é um dos mais ansiosos para o jogo. Sua carreira despontou no Palmeiras, em 1993. Em entrevista recente, garantiu que só pensa no Corinthians e não teria problema em comemorar um gol sobre o ex-clube.

- O que é passado, no passado está. Estou no Corinthians, quero que o meu torcedor me respeite, me apoie, me critique. Vou honrar a camisa deste clube em todos os lugares em que eu jogar - garantiu o lateral.

Fonte: Lancenet

Nem precisava, mas Mano projeta 'equipe ideal' contra o Palmeiras Nem precisava, mas Mano projeta 'equipe ideal' contra o Palmeiras 0

Veja Mais:

  • De volta ao Timão, Marciel inicia duelo com Botafogo deste sábado

    Precisando vencer, Timão visita o Botafogo com Marciel entre novidades

    ver detalhes
  • Jadson pode ser o primeiro grande reforço do Timão em 2017

    [Marco Bello] Jadson pode ser o primeiro grande reforço do Timão em 2017

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade tem buscado diminuir dívidas do Corinthians a longo prazo

    Corinthians abre números, mostra dívidas diminuírem e tem lucro parcial em 2016

    ver detalhes
  • De volta ao Timão, Marciel deve enfrentar Botafogo neste sábado

    Sem Cássio, Carille surpreende e promove duas mudanças no time para pegar Botafogo

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes