Investigado, André Negão é intimado por Conselho de Ética do Corinthians

2.3 mil visualizações 50 comentários

Por Meu Timão

André Negão tem seu nome envolvido em investigações da Lava Jato

André Negão tem seu nome envolvido em investigações da Lava Jato

Divulgação

Investigado na Operação Lava Jato, André Negão, vice-presidente do Corinthians, foi intimado pela Comissão de Ética e Disciplina do clube a apresentar sua defesa sobre o caso até o dia 12 de março. As informações são do GloboEsporte.

Após as obras da Arena Corinthians aparecerem nas investigações da Lava Jato, André Negão passou a ser suspeito de ter recebido R$ 500 mil de propina para a construção do estádio.

A intimação foi feita por Sérgio Alvarenga, vice-presidente do Conselho Deliberativo, que espera a defesa de André Negão antes de cogitar possíveis punições: “Ainda não sei. Temos que aguardar a manifestação dele”, disse à publicação.

No dia 22 de março, o vice-presidente corinthiano foi levado pela Polícia Federal em condução coercitiva para prestar depoimentos. Na chegada à casa do dirigente, a PF encontrou duas pistolas e foi levado à delegacia por conta do porte ilegal de armas.

Após prestar depoimento e pagar fiança, André Negão explicou a prisão por meio das redes sociais. Apesar das investigações, o presidente do clube, Roberto de Andrade, pediu “calma antes de julgar” e decidiu manter o vice no cargo.

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x