Corinthians exibe nova camisa e explica detalhes de acordo com a Caixa

Corinthians exibe nova camisa e explica detalhes de acordo com a Caixa

Por Lucas Mariano

Corinthians vai usar camisa com a Caixa já neste sábado

Corinthians vai usar camisa com a Caixa já neste sábado

Foto: Meu Timão

Após o treino desta quarta-feira, Gustavo Herbetta, superintendente de marketing do Corinthians, concedeu entrevista coletiva no CT Joaquim Grava para confirmar e explicar o novo acordo de patrocínio com a Caixa, anunciado nesta manhã. Ele já exibiu a camisa que será usada neste sábado, contra o Red Bull Brasil.

"Os principais pontos desse acordo é que a Caixa continua pagando R$ 30 milhões, mas apenas pela parte da frente, liberando duas propriedades que a gente pode negociar e fazem com que o Corinthians possa ter a camisa mais valiosa do mercado brasileiro", resumiu Herbetta.

Com o acordo, o Corinthians conseguiu manter o valor do ano passado, mas agora com a Caixa estampando apenas a parte de maior visibilidade do uniforme alvinegro. A expectativa é que o clube possa lucrar mais 18 milhões com as outras duas propriedades que ficarão livres: costas e barra.

"Baseado nesse estudo traçamos um valor de planejamento e que queríamos obter com a camisa é o valor de é de 18 milhões. Uma de 12 e outra de 6, então 18 milhões a mais. Viemos conversando com o mercado paralelo e uma delas está em estágio bem avançado para a parte de cima da camisa", acrescentou.

Herbetta ainda explicou que o novo contrato também faz com que a Caixa siga com maior visibilidade em outras propriedades do clube, além de também estampar sua marca no time de futsal e patrocinar atletas do Timão que possam disputar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos deste ano.

"Como patrocinador máster, continua com as principais oportunidades de visibilidade. Placa no campo, no CT, rede social, web site do clube, as principais partes de visibilidade continuam sendo contrapartida do patrocínio máster. Também vai patrocinar o futsal e atletas olímpicos e paralímpicos. Os que podem participar das Olimpíadas também ela pode estar patrocinando", acrescentou.

Por fim, o responsável pelo marketing corinthiano também esclareceu um assunto importante e de muito interesse do torcedor: os naming rights. Segundo ele, o acerto da continuação da Caixa como patrocinadora máster não interfere em nada na negociação que envolve o nome da Arena Corinthians

"Não inviabilizou nada em relação à negociação que a gente vem tendo com a empresa que tem interesse com o patrocínio do estádio", concluiu

Veja Mais:

  • Fábio Carille comandou Corinthians em mais uma vitória, desta vez contra o Audax

    Passadas quatro rodadas, só um time tem aproveitamento melhor que Corinthians no Paulistão-2017

    ver detalhes
  • Arena Corinthians com pouco público neste início de ano

    Sete motivos que explicam a queda do número de adimplentes do Fiel Torcedor

    ver detalhes
  • Carille durante vitória do Corinthians em Osasco

    Carille diz qual foi maior trunfo do Corinthians em vitória sobre Audax

    ver detalhes
  • Atacante turco marcou o único gol da partida

    Kazim marca único gol da partida e Corinthians vence o Audax pelo Paulistão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes