Antes de a bola rolar na Arena Corinthians, torcida exibe faixas em alusão a refugiados

Antes de a bola rolar na Arena Corinthians, torcida exibe faixas em alusão a refugiados

Por Meu Timão

Torcedores de diferentes setores exibiram faixas

Torcedores de diferentes setores exibiram faixas

Foto: Meu Timão

O Corinthians realizou, na tarde deste sábado, uma bela ação social na Arena. Instantes antes de a rola rolar para o duelo contra o Red Bull Brasil, válido pelo Campeonato Paulista, faixas com o nome de países de origem de refugiados foram distribuídas pelo clube aos torcedores, que as exibiram.

A ideia de mostrar as faixas faz parte de uma ação social realizada pelo Timão na qual ao menos 100 refugiados foram convidados pelo clube para assistirem ao jogo na Arena. Crianças também refugiadas ou filhos de pais refugiados tiveram a oportunidade de entrar em campo de mãos dadas com os jogadores do Corinthians.

A ação foi combinada graças a uma parceria do Corinthians com a Caritas Arquidiocesana de São Paulo, que mantém o Centro de Referência do Refugiado com o apoio da ONU/ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados). Os "visitantes" que foram à Arena são oriundos de Congo, Angola, Nigéria, Mali, Colômbia, Filipinas, Iraque, Síria, Guiné-Conacri e Guiné Bissau. Eles participarão de uma edição especial do Projeto Time do Povo, criado para proporcionar a crianças carentes “um dia de Corinthians”.

Veja Mais:

  • Juninho Capixaba acertou com o Corinthians no início de janeiro

    Após atraso, Juninho Capixaba aparece no BID e está regularizado no Corinthians

    ver detalhes
  • Novo patrocínio

    Corinthians anuncia novo patrocinador; estreia já nesta quarta-feira

    ver detalhes
  • Corinthians e Ponte Preta reeditam decisão de 2017 nesta quarta-feira

    TV Globo exibe estreia do Corinthians no Paulistão para só um estado; veja opções

    ver detalhes
  • Mateus Vital foi regularizado pelo Corinthians no BID

    Mateus Vital é registrado no BID após acerto com Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes