Em site oficial, Criciúma confirma venda de Lucca ao Timão e revela detalhes

Em site oficial, Criciúma confirma venda de Lucca ao Timão e revela detalhes

Por Meu Timão

Lucca chegou ao Corinthians em setembro do ano passado

Lucca chegou ao Corinthians em setembro do ano passado

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians acertou oficialmente a contratação definitiva de Lucca. Ao menos é o que diz o Criciúma, clube o havia emprestrado ao Timão em setembro do ano passado.

Por meio de uma curta nota publicada em seu site, o clube catarinense informou que o martelo foi batido nessa terça-feira e que o Corinthians acertou a compra de 50% dos direitos econômicos do atleta até 2019.

"O Criciúma concretizou nesta terça-feira (19/04) a venda de 50% dos direitos econômicos de Lucca para o Corinthians. Na negociação o atacante firmou vínculo com o clube paulista até 2019 e o Tigre manteve 15% dos direitos econômicos", diz o comunicado.

A diretoria do Corinthians já admite que o acerto com Lucca está muito perto de ser concretizado. Edu Gaspar, gerente de futebol do clube, nos últimos dias, fala em "questão de sentar e assinar".

Fato é que o Corinthians espera anunciar o acerto com Lucca até o fim desta semana. O jogador é atualmente titular do Timão e vice-artilheiro da equipe na temporada, com cinco gols.

Veja Mais:

  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes