Em avaliação com o pai, Felipe reconhece erros na eliminação do Timão

Em avaliação com o pai, Felipe reconhece erros na eliminação do Timão

Por Lucas Mariano

Felipe citou a desatenção do Corinthians em partida que determinou a eliminação da equipe na Libertadores

Felipe citou a desatenção do Corinthians em partida que determinou a eliminação da equipe na Libertadores

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Felipe foi o escolhido para conceder entrevista coletiva após o treino desta segunda-feira no CT Joaquim Grava. Na conversa com os jornalistas, ele voltou a falar sobre a eliminação do Corinthians na Copa Libertadores e que, após fazer uma análise junto com seu pai, acredita que a queda tenha sido “natural”.

“Eu fiz uma própria avaliação minha, com meu pai. Creio que foi natural. Não teve aquela coisa absurda que ninguém fez gol. Acho que estamos no caminho certo, mas tem equipes do outro lado que trabalham para isso também. Ficamos muito chateados, mas o caminho é o mesmo. A equipe está evoluindo mesmo, mostramos isso, mas o objetivo que era ser campeão não aconteceu. Mas agora tem Paulista e Brasileiro, que podemos classificar para a Libertadores para, quem sabe, ser campeão”, disse o zagueiro.

Ao ser questionado sobre as falhas do Corinthians na eliminação, Felipe reconheceu os erros, mas evitou apontar culpados.

“Foi a desatenção. Até minha também. De todos. O erro não é de um. Todos erram, independente de quem seja. Então creio que foi um erro coletivo, mas vamos corrigir. Sabemos que temos um potencial muito grande”, concluiu.

Nesta segunda-feira, Felipe teve seu trabalho reconhecido e, ao lado de Fagner, integrou a Seleção do Paulistão, feita pela Federação Paulista de Futebol.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes