A pedido de treinadores, CBF anuncia mudanças no Brasileirão 2016; confira as alterações

A pedido de treinadores, CBF anuncia mudanças no Brasileirão 2016; confira as alterações

Por Meu Timão

O técnico Tite marcou presença na reunião feita na sede da CBF

O técnico Tite marcou presença na reunião feita na sede da CBF

Foto: Rafael Ribeiro/CBF

Com o objetivo de atender às solicitações e pedidos de todos os clubes participantes da Série A do Campeonato Brasileiro, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), anunciou mudanças e apresentou novas regras para a etapa da competição deste ano.

Em reunião na sede da entidade, no Rio de Janeiro, realizada no início desta semana, a CBF promoveu o encontro dos 20 treinadores participantes da Série A para a definição em comum acordo entre os clubes. Ao final, foram reveladas as alterações que serão colocadas em prática a partir da atual edição. Confira:

1. A entidade dedicará enorme esforço para equilibrar a quantidade de jogos às 11h por clube;
2. Não haverá entrevista no intervalo do jogo, exceto para as TVs detentoras dos direitos de transmissão, que terão até um minuto com um jogador de cada equipe;
3. A partir da segunda rodada do campeonato, o quarto árbitro será, preferencialmente, de fora do Estado da partida.

Atual campeão brasileiro, o Corinthians inicia sua busca pelo heptacampeonato neste domingo, quando recebe o Grêmio, às 16h, na Arena.

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes