Jucilei curte a fama de novo xodó da Fiel

Jucilei curte a fama de novo xodó da Fiel

Por Meu Timão

Jucilei sorri em entrevista no Corinthians

Jucilei sorri em entrevista no Corinthians

Foto: Carlos Augusto Ferrari/GLOBOESPORTE.COM

Ronaldo e Roberto Carlos são unanimidade no Corinthians. Ídolos em todo o mundo pelo que conquistaram, os jogadores precisaram de pouco tempo para caírem nas graças da Fiel. Mas há no elenco alvinegro um reserva que, mesmo sem ganhar títulos importantes ou jogar em grandes clubes da Europa, faz muito sucesso com a torcida. De um simples atleta para compor o grupo, Jucilei ganhou espaço com Mano Menezes, virou o xodó das arquibancadas e, nas ruas, já vem sentindo o peso da "fama".

- Quando cheguei, ninguém sabia quem eu era. Mas, agora, quando vou a algum shopping ou restaurante, todo mundo para falar comigo, pedir autógrafo e até tirar foto. Alguns, aqueles mais corneteiros, falam que eu tenho que jogar como titular. Lá no Paraná, isso não acontecia nunca. O clube não tem nem torcida (risos) – conta o marcador, contratado do J.Malucelli, o menor das equipes de Curitiba.

O reconhecimento veio também no bolso. Jogando pelo segundo time mais popular do país, Jucilei conseguiu mudar a realidade da família. Criado pelos avós, em São Gonçalo-RJ, desde os 13 anos, quando perdeu a mãe, o marcador teve uma infância pobre, chegando a trabalhar como pedreiro para ajudar no orçamento. No entanto, no Timão, pôde comprar uma casa para os parentes e se prepara para adquirir um apartamento, na região do Tatuapé, em São Paulo.

- Minha vida mudou muito desde que cheguei aqui, principalmente o salário. Sempre ganhei muito pouco. Mas, desde que vim para o Corinthians, dei uma casa para meus avós e estou comprando a minha aqui. Mudou tudo – acrescentou o sorridente meio-campista.

Jucilei foi descoberto pelo Corinthians por acaso. O auxiliar técnico Sidnei Lobo viajou para Curitiba com a intenção de observar o meia Pedro Ken, do Coxa. Entretanto, o volante foi o destaque do jogo e, depois do aval de Mano Menezes por um DVD, foi contratado. O acerto, aliás, teve também o auxílio do marketing. Na ocasião, o Timão entrava em acordo com o J. Malucelli para mudar o nome para Corinthians Paranense.

Logo na estreia, pela primeira rodada do Brasileirão 2009, no Pacaembu, quase fez um golaço ao driblar boa parte dos defensores do Internacional.

- Eu entrei muito tranquilo na estreia e consegui jogar normalmente. Até hoje, lembro daquele lance e do gol que poderia ter feito. Faltou pouco. O Nilmar fez um igual minutos antes (risos) – recordou.

A recompensa veio na última quarta-feira. Jucilei abriu o placar contra a Ponte Preta em um chute de longa distância, mas o Timão não suportou a pressão da Macaca e acabou permitindo a virada.

- Seria muito importante fazer o gol da vitória. Eles fizeram dois gols rápidos. Futebol é assim mesmo, aconteceu. Vou trabalhar para uma nova oportunidade aparecer – completou o volante, por enquanto, reserva na equipe que disputará a Libertadores. Por enquanto.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians criada por torcedores em homenagem à Chape

    Corinthians bate o martelo sobre homenagens à Chapecoense

    ver detalhes
  • Brasileirão agora tem quatro vagas - não três - à fase de grupos da Libertadores

    Conmebol anuncia novidade, e Corinthians volta ao páreo por vaga direta na Libertadores

    ver detalhes
  • Alan Santos tem conversas avançadas com Corinthians

    Corinthians negocia contratação de volante do Coritiba, diz portal

    ver detalhes

Jucilei deve ser titular no Corinthians?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes