Cristóvão destaca tempos distintos e lamenta sufoco no fim

Cristóvão destaca tempos distintos e lamenta sufoco no fim

Por Meu Timão

Cristóvão analisou vitória sobre o Santa Cruz

Cristóvão analisou vitória sobre o Santa Cruz

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A vitória do Corinthians por 2 a 1 sobre o Santa Cruz, conquistada na noite deste sábado, na Arena, gerou sentimentos distintos no técnico Cristóvão Borges. Isso porque a equipe alvinegra teve desempenho digno de elogios no primeiro tempo, mas caiu de produção na etapa complementar e viu o time de Recife se lançar ao ataque.

Em entrevista coletiva após o apito final, o comandante alvinegro analisou a atuação do Timão e disse estar satisfeito com os primeiros 45 minutos de jogo. “Fizemos um grande primeiro tempo, eu fiquei satisfeito porque foi em cima de tudo que nós planejamos e preparamos pra jogar. Jogamos da maneira que queríamos e planejamos. No segundo tempo, acho que quando nós tomamos o gol, claro, colocamos a equipe do Santa Cruz no jogo e passamos a ter dificuldade”, afirmou.

“Tivemos erros, perdemos o controle do jogo, muitas passes errados. Procurei reorganizar a equipe, com esses erros estávamos sentido dificuldade de marcação. Reorganizei pra conseguirmos e consolidarmos a vitória”, acrescentou.

Questionado sobre o “sufoco” colocado pelo Santa Cruz nos minutos finais, quando o Corinthians passou a sofrer com os contra-ataques em velocidade, Cristóvão admitiu ter se surpreendido com a imposição do adversário.

“Foi uma infelicidade. Mas o que vai acontecer são as oscilações em termo de performance, isso vai acontecer. Mas jogo a jogo, mesmo perdendo o jogo pro Atlético, nós tivemos muitas coisas boas. Nós precisamos crescer, evoluir, isso aconteceu. Isso faz com que tenhamos a possibilidade de estarmos perto da vitória. Vou preparar pra que a gente jogue perto disso”, frisou, ressaltando o bom triunfo corinthiano.

“O primeiro tempo é muito perto do que desejo, que jogue uma maior parte do jogo daquela maneira. Até o jogo do Flamengo está apertado o desgaste. Quando tomamos o gol, o Santa Cruz avançou e voltou pro jogo. Por isso ficou difícil e ficou mais desgastante ainda”, completou Cristóvão.

“Tinha muitas dificuldades, mas na preparação da equipe pra esse jogo, o que queríamos nós fizemos, e as dificuldades que nós tivemos. Viemos esse jogo muito confiantes, tinha que certeza que ia dar certo. No primeiro tempo se confirmou, aquilo eu desejei o que nós treinamos”, finalizou.

Veja Mais:

  • Universidade Brasil firmou acordo com Corinthians para primeiro jogo da final estadual

    Corinthians anuncia patrocínio pontual para final do Paulistão; veja como fica a camiseta

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não volta ao Corinthians em 2017

    Corinthians empresta Alan Mineiro para quarto clube diferente em menos de um ano

    ver detalhes
  • Corinthians encerrou preparação contra a Ponte Preta

    Clima bom, susto de Pablo e escalação do Corinthians: o último treino antes da Ponte Preta

    ver detalhes
  • Casuals foi derrotado nos pênaltis neste sábado; próxima temporada só em agosto

    Nos pênaltis, Corinthian-Casuals perde final e adia sonho de subir de divisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes