CET cobra dívida milionária do Corinthians na Justiça

CET cobra dívida milionária do Corinthians na Justiça

Por Meu Timão

Planejamento realizado pela companhia fora dos estádios em dias de jogos é o principal motivo da cobrança

Planejamento realizado pela companhia fora dos estádios em dias de jogos é o principal motivo da cobrança

Foto: Reprodução

Nos últimos dias, o Corinthians foi alvo da uma cobrança judicial por parte da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). O pedido realizado exige que o clube pague cerca de R$ 7,8 milhões à companhia, devido aos serviços de minimização do trânsito e planejamento feitos em torno dos estádios para a realização de jogos do clube.

Além do Timão, a CET também cobra valores de São Paulo (R$ 11 milhões), Palmeiras (R$ 5,2 milhões) e Santos (R$ 872 mil), pelo mesmo motivo, segundo apurado pelo UOL.

O argumento principal da companhia tem base na Lei Municipal nº 14.072/2005, determinando que os clubes devem arcar com as despesas a partir de serviços prestados para eventos esportivos. Entretanto, em 2006, no ano seguinte após a lei estar em vigência, o Sindicato das Associações de Futebol Profissional do Estado de São Paulo (SINDIBOL), suspendeu a ordem.

Anos depois, a companhia conseguiu reverter a decisão. No ano passado, em reunião junto aos clubes, a CET optou por solicitar o pagamento junto aos clubes de forma amigável, porém não teve sucesso, o que motivou a ação judicial.

Ajuizadas na última semana, as cobranças ainda não chegaram aos clubes que, até o momento, não realizaram o pagamento ou apresentaram qualquer tipo de defesa sobre o caso.

Veja Mais:

  • Equipe feminina do Timão foi ao CT Joaquim Grava no início de novembro

    Corinthians renova parceria com Audax e confirma equipe feminina para 2017

    ver detalhes
  • Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    ver detalhes
  • Marlone foi o destaque do treino desta quinta-feira

    Marlone marca, Caíque ganha chance e Oswaldo volta a ensaiar escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • Alessandro é homem de confiança do presidente corinthiano

    Diretor de futebol refuta saída de Alessandro do Corinthians: 'Picuinha'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes