Antigo técnico revela motivo que levou Yago, hoje titular do Corinthians, a quase abandonar o futebol

4.4 mil visualizações 32 comentários

Por Meu Timão

Yago já pensou em pendurar as chuteiras

Yago já pensou em pendurar as chuteiras

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O mundo dá voltas, e o zagueiro Yago está aí para provar isso. Há pouco mais de quatro anos, o hoje titular da defesa do Corinthians no clássico contra o São Paulo já pensou em desistir do futebol.

Em entrevista concedida ao jornal Lance! e publicada neste domingo, Edu Miranda, técnico de Yago nas categorias de base da Portuguesa, revelou o motivo de Yago quase abandonar a carreira. A morte do pai aliada ao irrisório salário que recebia no clube do Canindé fizeram o zagueiro colocar em xeque sua carreira.

"Lembro de um episódio marcante com ele. Em 2010 estávamos na fase final do Paulista sub-20 e aconteceu algo muito triste, que foi a morte do pai do Yago. Ele pensou em largar o futebol, mas eu disse a ele para pensar melhor, porque agora ele era o chefe de família. Quando passamos à final contra o Palmeiras, eu disse que ele não jogaria, era um baque muito grande", contou Edu.

"Mas ele quis jogar, e foi um dos grandes destaques da final em que fomos campeões. Naquela época o salário do Yago era uma ajuda de custo de R$ 400, nada mais, e às vezes nem recebia, por isso ele quis sair. Aí no Corinthians fez contrato de R$ 5 mil, teve paciência e tocou a vida. Ele é um grande sujeito", completou.

Fato é que Yago deu a volta por cima, foi contratado pelo Corinthians em 2012 justamente por indicação de Edu Miranda e, após empréstimos para Marília e Bragantino, ganhou seu espaço no elenco profissional do Timão. Depois de assistir a uma boa sequência de atuações do hoje lesionado Pedro Henrique, o camisa 3 volta a ganhar chance ao lado de Balbuena.

"Desde o sub-17 que o Yago já chamava atenção, tanto que no primeiro ano de sub-20 já foi titular comigo. É um zagueiro muito técnico, boa saída de jogo, antecipação, passe..." , afirmou Edu.

"Só falei para o Corinthians que o Yago estava com contrato para vencer na Portuguesa, e me pediram o contato dele. Não ganhei nada com isso, mas é uma satisfação ver um jogador que ajudei a formar no time profissional do Corinthians. Desde o sub-17 ele já era diferenciado. O Corinthians ganhou praticamente de graça um jogador acima da média", finalizou.

Veja Mais:

  • Em 2016, o Corinthians comprou 50% dos direitos econômicos de Marlone por R$ 4 milhões; pelo acordo, o Timão pagaria duas parcelas de R$ 500 mil e outras 20 parcelas mensais de R$ 150 mil

    Corinthians tenta efeito suspensivo para evitar cobrança de R$ 2,1 milhões na Justiça, que é negado

    ver detalhes
  • Último jogo do Corinthians no domingo à tarde na Neo Química Arena foi contra o Vasco, no Brasileiro

    Corinthians vai atuar pela primeira vez na temporada em um domingo à tarde; relembre horários

    ver detalhes
  • Pedrinho anota o primeiro gol do Corinthians no Brasileirão Sub-17

    Corinthians supera o Internacional e estreia com vitória no Brasileirão Sub-17

    ver detalhes
  • Corinthians conheceu detalhes de seu último compromisso na fase de grupos do Paulista

    Jogo entre Corinthians e Novorizontino é confirmado à tarde; jogos da rodada serão no mesmo horário

    ver detalhes
  • Camacho em ação contra o Atlético-GO pelo Campeonato Brasileiro do ano passado

    CBF define data e horário para a terceira fase da Copa do Brasil; Corinthians encara o Atlético-GO

    ver detalhes
  • Fábio Carille não esconde incômodo com declaração de Andrés Sanchez

    Carille diz que ficou 'muito chateado' com declaração de Andrés Sanchez: 'Não falo mais com ele'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x