Corinthians já tem primeiro desfalque confirmado para clássico contra o Santos

Corinthians já tem primeiro desfalque confirmado para clássico contra o Santos

Por Meu Timão

O zagueiro Yago leva terceiro amarelo e não participa do confronto na Vila Belmiro

O zagueiro Yago leva terceiro amarelo e não participa do confronto na Vila Belmiro

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O Corinthians já tem o seu primeiro desfalque confirmado para o clássico contra o Santos, neste domingo: o zagueiro Yago levou o terceiro cartão amarelo e está suspenso. O jogador foi advertido durante a vitória sobre o Sport, na Arena em Itaquera, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Presente na lista dos pendurados para o duelo, o jogador está oficialmente fora da próxima rodada do Timão na competição nacional. Yago vinha sendo uma das escolhas da defesa da equipe corinthiana, comandada pelo técnico alvinegro Cristóvão Borges, nos últimos jogos.

Além dele, outros sete jogadores alvinegros estão no departamento médico e podem não ser opções para o duelo paulista, são eles: Fagner (infecção gastrointestinal), Danilo (fratura na fíbula e tíbia da perna direita), Rildo (lesão muscular na coxa direita), Guilherme (lesão muscular na coxa direita) e Pedro Henrique (lesão muscular na coxa esquerda).

Por outro lado, o treinador corinthiano pode contar com a volta do zagueiro Balbuena, que volta de suspensão também por cartão amarelo e pode ser escalado para a partida contra o Santos. Sendo assim, a zaga do clássico provavelmente será Balbuena e Vilson - que fez ótima partida contra o Sport.

O Corinthians enfrenta o time litorâneo fora de casa, na Vila Belmiro, às 16h (Brasília), pela rodada 24 do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes