Posicionamento da diretoria de bancar Cristóvão 48 horas antes de demiti-lo irrita Fiel

Posicionamento da diretoria de bancar Cristóvão 48 horas antes de demiti-lo irrita Fiel

Por Meu Timão

Roberto de Andrade e Eduardo Ferreira vêm encontrando dificuldades em 2016

Roberto de Andrade e Eduardo Ferreira vêm encontrando dificuldades em 2016

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O posicionamento da diretoria do Corinthians de bancar convocar uma coletiva de imprensa na quinta-feira, no CT Joaquim Grava, para bancar a permanência de Cristóvão Borges e demiti-lo pouco mais de 48 horas depois, na Arena, após a derrota para o Palmeiras, irritou parte da torcida alvinegra. Nas redes sociais é fácil encontrar relatos de torcedores cobrando maior comprometimento da diretoria com o Corinthians.

Dois dias antes de mandar Cristóvão embora, o diretor-adjunto Eduardo Ferreira conversou com a imprensa após o treinamento do Corinthians daquele dia. O dirigente assegurou a confiança que a diretoria tinha no treinador e descartou uma mudança no cargo.

"Sobre parte futura, não dá para prever nada, vocês sabem disso. Estou aqui hoje para dizer que não tem nada para Cristóvão sair nem para Roger chegar. E ao torcedor, peço que tenham paciência e tranquilidade. São sete pontos do líder, mas não tem nada perdido", declarou, naquele altura.

"[Cristóvão] Vem fazendo bom trabalho, tem trabalho bom extracampo, e vemos que o time vem rendendo. As vitórias batem na trave, mas tem bom compromisso em campo. Confiamos nele", completou.

Bastou uma derrota para o Palmeiras no sábado, contudo, para Cristóvão ser demitido. O discurso do presidente Roberto de Andrade, que falou com a imprensa ao lado de Eduardo Ferreira, eximiu o agora ex-treinador do Timão de culpa.

"Não consigo falar o que faltou, acho que foram as vitórias. Nós vemos vários times desorganizados no campeonato, mas que conseguem vencer. Em alguns jogos, fizemos boas apresentações, só que não conseguimos isso. É difícil essa oscilação, atrapalha bastante", declarou, nesse sábado, o mandatário.

Confira a repercussão das entrevistas entre internautas:

Veja Mais:

  • Com a 9 corinthiana, Luizão foi artilheiro da Libertadores de 2000, com 15 gols

    Ao Meu Timão, Luizão fala da busca do Corinthians por centroavante: 'Se cavar, acha na Argentina'

    ver detalhes
  • Camacho (à dir.) ganhou oportunidade entre os titulares no treino desta sexta

    Carille esboça time titular com uma troca; chance de mudança no esquema existe

    ver detalhes
  • Emerson Sheik com a camisa do Corinthians em coletiva no CT

    Emerson Sheik é apresentado, diz entender desconfiança e promete dar resposta em campo

    ver detalhes
  • Sheik assinou contrato até o fim de junho

    Emerson Sheik fala sobre contrato de seis meses, aposentadoria e possível renovação com Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes