Neto faz duras críticas ao novo treinador do Corinthians: 'De bonzinho o inferno tá cheio'

Neto faz duras críticas ao novo treinador do Corinthians: 'De bonzinho o inferno tá cheio'

Por Meu Timão

Neto durante apresentação de seu programa na TV Bandeirantes

Neto durante apresentação de seu programa na TV Bandeirantes

Foto: Reprodução

A decisão do presidente Roberto de Andrade de bancar Fábio Carille como treinador do Corinthians até o fim da temporada não agradou nem um pouco Neto. O ex-meia e hoje apresentador da TV Bandeirantes fez duras críticas ao auxiliar-técnico que assume, a partir desta semana, o comando do Timão.

"O Fábio não é treinador nem aqui, nem na China, nem em Santo Antônio da Posse. Vai entrar numa gelada e não vai escalar ninguém, porque eu conheço ele. Não tem perfil de treinador. Ele é bonzinho e de bonzinho o inferno tá cheio", declarou, em participação no programa Terceiro Tempo, na noite desse domingo.

Na visão de Neto, o planejamento do Corinthians para 2017 está sendo colocado em risco pela diretoria alvinegra ao deixar a contratação de um novo técnico para dezembro apenas. Vale destacar que nomes como Roger Machado e Eduardo Baptista vêm sendo colocados em pauta nos bastidoes do Timão.

Quem também fez críticas em relação à crise que o Corinthians vive foi o ex-jogador Edmundo, que agora trabalha como comentarista nos canais Fox Sports. Ele concentrou sua análise na alta cúpula do Timão.

"Não consigo entender vender um craque e gastar o mesmo dinheiro com um perna de pau. Foi mais ou menos isso que o Corinthians fez. Perdeu o Jadson, Renato Augusto e contratou o Guilherme a peso de ouro, Giovanni Augusto, 7 milhões de euros. Não sei se isso é verdade. Em termos financeiros o Corinthians não diminuiu a sua folha [salarial], não fez caixa e piorou o seu time tecnicamente, então a torcida tem razão", argumentou.

Veja Mais:

  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes