Porta-voz do elenco, Uendel manda recado à torcida do Corinthians

36 mil visualizações 43 comentários

Uendel pediu apoio da Fiel em 'finais' em casa; Timão precisa de mais 17 pontos para chegar à Liberta

Uendel pediu apoio da Fiel em 'finais' em casa; Timão precisa de mais 17 pontos para chegar à Liberta

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Sem chances de erguer o bicampeonato brasileiro consecutivo na temporada, o Corinthians já faz as contas para chegar à Libertadores da América em 2017. De acordo com o técnico Fábio Carille, dos 27 pontos em disputa, a equipe alvinegra necessita de mais 17 para ficar entre os seis melhores da Série A e, consequentemente, garantir a classificação ao torneio continental. Meta difícil, mas longe de ser impossível na visão de Uendel.

Em entrevista coletiva na tarde dessa sexta-feira, no CT Joaquim Grava, o lateral-esquerdo tomou a palavra e se manifestou a respeito da postura recente de parte da torcida alvinegra – além de vaiar o time durante os 90 minutos, como na vitória por 2 a 1 sobre o Cruzeiro pela Copa do Brasil, a Fiel deixou de comparecer em peso à Arena Corinthians na reta final do Brasileirão. Para o camisa 6, o apoio das arquibancadas será imprescindível.

“Torcida é fundamental jogando em casa, a gente precisa do apoio. A gente sabe que torcedor está desconfiado com resultados, mas nesses últimos dez jogos a gente precisa muito desses pontos. Se fizer 100% em casa a gente pode brigar pelo G6, então a gente precisa muito do torcedor do nosso lado. Cada jogo na Arena tratar como final. Estamos trilhando um bom caminho também na Copa do Brasil. A gente pede que confiem na gente para fazer um bom final de ano e buscar a vaga na Libertadores”, pregou Uendel.

“Jogos em casa a gente sempre foi forte, deixamos escapar pontos nos últimos jogos. Se a gente retomar sequência boa dentro de casa, com a torcida empurrando o time, a gente pode pensar no G6. Por isso serão fundamentais esses jogos que a gente tem em casa para acabar campeonato. Buscar pontos fora também. Tem condições de jogar melhor fora, principalmente na quarta-feira, contra o Santa Cruz”, acrescentou.

A primeira “final” do Corinthians dentro de seus domínios será no próximo dia 16, contra o América-MG, às 18h30. Lanterna da competição nacional e com um pé na Série B, a equipe de Belo Horizonte vem a São Paulo com o objetivo de arrancar pontos do Timão, que ainda luta para estar na Libertadores do ano que vem. Antes disso, porém, o elenco comandado por Carille encara o Santa Cruz, quarta-feira, na Arena Pantanal.

“O que o torcedor quer, a gente quer também: o melhor para o Corinthians. Os últimos resultados não são bons, principalmente no returno, mas a gente confia que pode dar a volta por cima. A gente entende protestos pelos resultados ruins, mas confia na recuperação. Quando a gente tá bem é bom jogar aqui, tem apoio, e quando tá mal tem pressão. Isso é normal, se tratando de um grande clube como o Corinthians. Quem joga aqui sabe que é assim. Pressão existe, no futebol isso é normal, ainda mais depois de resultados que não são bons”.

Antes de deixar a sala de imprensa do CT, Uendel surpreendeu ao ser questionado sobre a pressão de vestir a camisa preta e branca. E foi claro: “O jogador que veste a camisa do Corinthians tem que estar preparado para os dois lados. Não pode se iludir com elogios, nem se abalar com críticas. Tem que manter um padrão e mostrar trabalho dentro de campo”, finalizou.

Veja Mais:

  • Pressão sobre Sylvinho cresceu depois da derrota do Corinthians para o São Paulo, na última segunda-feira

    Duilio banca permanência de Sylvinho mesmo em caso de derrota do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians caiu para a sétima posição na tabela, mas terá confronto direto na próxima rodada

    Corinthians perde uma posição no Brasileirão após empate do Internacional; veja classificação

    ver detalhes
  • Camisa 11 do Corinthians esteve presente em todo o treinamento desta quinta-feira

    Corinthians tem volta de Renato Augusto e Giuliano em treino; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Corinthians bateu a Ferroviária por 1 a 0 no jogo de ida da semifinal do Paulistão Feminino

    Corinthians explica motivo de mandar semifinal do Paulistão Feminino na Arena Barueri; veja nota

    ver detalhes
  • Corinthians TV não pode ser palco de ofensas a Sylvinho e Cássio

    [Andrew Sousa] Corinthians TV não pode ser palco de ofensas a Sylvinho e Cássio

    ver detalhes
  • Prefeitura de São Paulo cobra mais de R$ 15 milhões de IPTU do Corinthians referente aos anos de 2016 e 2017

    Corinthians tem pedido contra cobrança de R$15,4 milhões de IPTU negado pela Justiça

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x