Flamengo encara jogo contra Corinthians como final e minimiza situação extracampo

Flamengo encara jogo contra Corinthians como final e minimiza situação extracampo

Por Meu Timão

Corinthians goleou Flamengo no primeiro turno

Corinthians goleou Flamengo no primeiro turno

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Próximo adversário do Corinthians, o Flamengo considera o jogo contra o Timão, deste domingo, no Maracanã, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, como uma espécie de final. A equipe rubro-negra ocupa a segunda posição na classificação; a alvinegra, a sétima.

Em entrevista concedida no centro de treinamento do Flamengo, o goleiro Muralha previu partida difícil contra o Corinthians, mesmo com o estádio do Maracanã lotado - todos os ingressos foram vendidos.

"Para nós, todo jogo é uma decisão. Como o Campeonato Brasileiro é de pontos corridos, então cada jogo é uma final. Sabemos que será um jogo difícil, com casa cheia, mas difícil. Mas esperamos ir lá, mostrar nosso futebol, melhorar em alguns aspectos e sair de lá com a vitória", declarou.

O zagueiro Réver foi questionamento sobre a situação extracampo do Flamengo, que enfrentou o "chororô" do Fluminense pedindo a anulação do clássico carioca e chegou a ficar com três pontos a menos na classificação por determinação do STJD. Nesta quinta, vale ressaltar, o órgão arquivou o pedido de impugnação. De qualquer forma, o atleta rubro-negro pediu foco total no Timão.

"Eu sinceramente não penso muito nisso, até porque eu pensar ou não pensar não vai mudar mudar muita coisa. Há pessoas aqui brigando por isso, acredito que temos de pensar no Corinthians e esquecer o que rolou com o Fluminense. Acho que não seria nada certo alguém ser punido por algo que foi correto. Temos que pensar no Corinthians e nos próximos jogos", disse.

Vale lembrar que o último confronto entre Corinthians e Flamengo acabou com goleada a favor da equipe alvinegra. Em Itaquera, pelo primeiro turno do Brasileirão, o Timão venceu por 4 a 0.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes