Arão empurrou até o árbitro, mas o Corinthians foi quem terminou com um a menos

Arão empurrou até o árbitro, mas o Corinthians foi quem terminou com um a menos

Por Meu Timão

102 mil visualizações 101 comentários Comunicar erro

Willian Arão chegou a empurrar Rodriguinho e o árbitro e não levou amarelo

Willian Arão chegou a empurrar Rodriguinho e o árbitro e não levou amarelo

Foto: Reprodução

Os erros crassos da arbitragem no jogo entre Flamengo e Corinthians, no Maracanã, não ficaram somente no gol completamente impedido de Paolo Guerrero ou na omissão de fatos na súmula. Chamou a atenção também a discrepância de critérios aplicados pelo árbitro Anderson Daronco na marcação das faltas e distribuição de cartões.

Durante toda a partida, o árbitro mostrou atuação desproporcional, e advertiu o Corinthians com muito mais frequência. Tanto que o saldo da partida foi de 19 faltas marcadas contra o Timão e apenas 13 contra o Flamengo.

A disparidade também aparece no número de cartões: foram cinco para o Corinthians - incluindo dois para Guilherme, que acabou expulso da partida - e apenas dois para o Flamengo. A análise dos cartões não refletiu o clima da partida: com gol do Corinthians logo aos cinco minutos de jogo, o nervosismo era todo do lado flamenguista.

Ainda no primeiro minuto de jogo, Guerrero acertou uma cotovelada em Willians. O juiz presenciou o lance, mas marcou falta de ataque do Corinthians, mesmo sob os protestos de Willians que parecia mostrar a Daronco um ferimento na boca ocasionado pelo lance.

Willians recebe a cotovelada, mas árbitro marca a falta para o Flamengo

Willians recebe cotovelada, mas árbitro marca falta para o Flamengo

Foto: Reprodução

Aos seis minutos, o gol para o Corinthians aumentou a pressão sobre os adversários. O clima de tensão para os mandantes era tão grande, que ex-corinthiano Emerson Sheik, após o tento, pedia aos companheiros: "Calma, calma". O pedido do jogador, porém, não acalmou os ânimos.

Na sequência do gol, o também ex-jogador do Corinthians, Willian Arão, sofreu uma falta de Rodriguinho enquanto conduzia a bola para o campo ofensivo. O jogador se levantou e empurrou Rodriguinho, de forma violenta, na frente de Daronco. Transtornado, ele também chegou a empurrar o próprio Daronco. Arão não chegou nem mesmo a ser advertido com o cartão amarelo - e o lance não foi relatado na súmula.

Willian Arão agride Rodriguinho na frente de Daronco; depois empurra também o árbitro que evita...

Willian Arão agride Rodriguinho na frente de Anderson Daronco

Foto: Reprodução

Embora as cotoveladas e empurrões tenham sido perdoadas do lado flamenguista, no Corinthians, as "reclamações acintosas" e ações para "retardar o início da partida" foram duramente punidas. Guilherme, que acabou expulso, por exemplo, acumulou dois cartões: um por uma entrada Golpistaária aos 14 minutos da partida e outro por bloquear a cobrança de uma falta.

"Pé alto" de Guilherme na coxa de Mancuello foi decisivo para expulsão do jogador

Foto: Reprodução

No lance que culminou com o primeiro cartão para Guilherme, que aconteceu no campo de ataque do Corinthians, Daronco preferiu deixar seguir para garantir a vantagem ao Flamengo, que concluiu um contra-ataque. Com a bola fora do jogo, porém, o árbitro fez questão de advertir o camisa 10 corinthiano.

Além de Guilherme, o goleiro Walter e os meias Giovanni Augusto e Rodriguinho levaram cartões amarelos durante a partida.

Confira as justificativas para os cartões na súmula da partida

Súmula da partida entre Flamengo x Corinthians

Veja Mais:

  • Sub-20 do Corinthians tem mais uma partida na Fazendinha nessa semana

    De decisão no basquete à agenda cheia na base: os compromissos do Corinthians na semana

    ver detalhes
  • Corinthians e São José voltam a se enfrentar pelas finais da Liga Ouro nesta segunda

    Corinthians joga nesta segunda no Parque São Jorge para se reabilitar nas finais da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Thiaguinho é um dos mais cotados a substituir Maycon no Corinthians

    Emprestados, contratação e opções no elenco: a 'volância' do Corinthians pós-Maycon

    ver detalhes
  • Ralf marcou o gol do Corinthians no empate de 1 a 1 contra o Deportivo Táchira

    Corinthians e Libertadores-2012 animam internautas após tropeço do Brasil na estreia da Copa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes