Jô projeta sua função tática no Corinthians, mas avisa: 'Não sou o salvador da pátria'

Jô projeta sua função tática no Corinthians, mas avisa: 'Não sou o salvador da pátria'

Por Meu Timão

Após apresentação, Jô falou sobre experiência como centroavante e atacante

Após apresentação, Jô falou sobre experiência como centroavante e atacante

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Em entrevista coletiva concedida após sua apresentação como jogador do Corinthians, nesta tarde de quinta-feira, no CT Joaquim Grava, Jô falou sobre a pressão de chegar a uma equipe onde os últimos atacantes que jogaram encontraram dificuldade. Ele elogiou seus atuais concorrentes e disse não ser a salvação para o ataque.

"Não sou o salvador da pátria, sou mais um jogador que chega para ajudar. Aqui tem grandes atacantes, tem o Gustavo com potencial muito grande, jovem, 21 anos, bom jogador. Tem o Guilherme que faz bem essa função, tem o Romero. Sou mais um para brigar e ajudar. Mas claro que voltando após 11 anos, com experiência, a responsabilidade aumenta. Mas com sabedoria vou superar tudo isso", declarou o jogador de 29 anos.

Jô começou sua carreira no Timão, aos 16 anos e deixou o Corinthians em 2005, para atuar pelo futebol europeu, onde acumulou muitos títulos e desbravou novas funções dentro dos gramados. Justamente por conta de sua experiência mundo afora, ele se colocou à disposição de Oswaldo de Oliveira para mais de uma função.

"Eu pesava 69 kg, era magrinho e rápido. Depois que fui para a Europa, você joga em mais posições. Me encontrei como centroavante, faço isso há anos, é onde mais fiz sucesso. Mas se precisar jogar de segundo atacante, tudo bem", disse Jô.

Veja Mais:

  • Fábio Carille está com sua renovação bem encaminhada

    Após conversa no CT, Corinthians trata renovação de Carille como questão de tempo

    ver detalhes
  • Torcedores podem ouvir listas de músicas criadas por jogadores do Timão

    Corinthians anuncia parceria com serviço de streaming de música

    ver detalhes
  • Lucca perdeu espaço em 2017, mas vem se destacando no Brasileirão pela Ponte Preta

    Valor estipulado pelo Corinthians esfria interesse francês no atacante Lucca

    ver detalhes
  • Clayson foi escolhido por Carille para, mais uma vez, substituir Jadson

    Corinthians encerra preparação, e Carille mantém escalação sem Jadson para jogo deste sábado

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes