Recebedor do Corinthians Steamrollers viaja para teste em equipe dos EUA

Recebedor do Corinthians Steamrollers viaja para teste em equipe dos EUA

Por Meu Timão

Recebedor no Steamrollers, Vitor Hugo 'Mega' vai realizar testes nos EUA

Recebedor no Steamrollers, Vitor Hugo 'Mega' vai realizar testes nos EUA

Foto: Arquivo Pessoal

Um dos melhores recebedores do futebol americano nacional e jogador do Corinthians Steamrollers, Vitor Hugo, o popular “Mega”, embarcou para os Estados Unidos para realizar um teste em uma das equipes de lá. O atleta sofreu alguns imprevistos em seus dez anos de carreira no esporte, porém, agora busca “seu lugar ao sol” no exterior.

“Estou indo para fazer um teste, não a nada definitivo, mas tenho muita esperança que dê certo. Tenho um grande amigo que é técnico de uma equipe de lá, e o que ele me passou é que tem muita chance de as coisas darem certo por lá. Estou confiante”, comentou o wide receiver corinthiano em entrevista ao portal Entre Jardas.

Mega passou por alguns problemas em sua carreira que o tiraram algumas oportunidades, principalmente por lesões. O jogador chegou a ser convocado para o Mundial de Ohio em 2015 pelo Brasil Onças, a Seleção Brasileira de Futebol Americano, mas sofreu uma contusão e não pode integrar a equipe. E esta não foi a primeira vez que o atleta lidou com uma situação como esta.

Em setembro deste ano, Mega recebeu um convite para um teste na Liga Canadense de Futebol Americano (CLF), a segunda maior do mundo, atrás apenas da Liga Americana (NFL). Porém, uma semana antes o Corinthians Steamrollers enfrentou o Campo Grande Predadores, pela Superliga Nacional, e mesmo com os treinadores e o presidente do clube alvinegro pedindo para que ele não jogasse, Mega foi a campo e como resultado, sofreu mais uma contusão e ficou fora dos teste.

“Realmente, eu tinha um convite para fazer um try out (teste) em uma equipe da CFL. Já estava em contato com os técnicos de lá há algum tempo, e eles já haviam visto vídeos meus e colhido informações minha. Mas eu me lesionei e acabou que não consegui viajar”, declarou Vitor Hugo a respeito da oportunidade.

Ricardo Trigo, presidente do Steamrollers, também comentou a ida do atleta, que é o segundo corinthiano há seguir para o país do futebol americano. O primeiro foi o defensor Matheus Cavalcante, que atua no St. Thomas Chancellors, da liga high school.

“Victor é um dos jogadores mais sérios e trabalhadores do Brasil. Ele é tudo que um atleta de ponta deve ser: Quieto, humilde, focado, determinado e obstinado”, afirmou Ricardo. “Infelizmente ele sofreu percalços em momentos chaves, mas agora Deus abriu as portas definitivamente, e ele vai alcançar tudo que almeja nos EUA. El não é o primeiro jogador do Steamrollers a ir para lá, mas com certeza será o melhor e abrirá as portas para mais brasileiros”, completou o mandatário.

Veja Mais:

  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade botou panos quentes nas especulações envolvendo Scarpa e Henrique

    Presidente do Corinthians esfria possibilidade de contratar dupla do Fluminense para 2018

    ver detalhes
  • Kazim não deve permanecer no Corinthians em 2018

    Corinthians quer definir destino de Kazim nos próximos dias; chegada de Dutra deve atrapalhar turco

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes