Palmeirenses são condenados por espancar corinthianos em trem da CPTM

Palmeirenses são condenados por espancar corinthianos em trem da CPTM

Por Meu Timão

Palmeiras espancaram corinthianos em estação de trem

Palmeiras espancaram corinthianos em estação de trem

Foto: Reprodução

Seis torcedores do Palmeiras foram condenados à prisão nesta sexta-feira pelo espancamento de três corinthianos em um trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), em outubro de 2014. Os palmeirenses cumprirão penas que variam entre sete e nove anos de detenção. A informação é do UOL Esporte.

O episódio ocorreu na noite de 1º de outubro daquele ano. Três corinthianos com camisas da Pavilhão 9, torcida organizada do Timão, foram espancados por um grupo de integrantes da Mancha Alviverde, principal uniformizada do Palmeiras, dentro de um vagão na estação Pirituba. O ato durou o trajeto completo do trem até a estação do Piqueri.

Apenas seis dos doze envolvidos na ação foram identificados pela Polícia Civil. São eles: Raphael La laina, Sandro Santos de Souza, Leandro Coelho, Eudes Dias dos Santos, Jackson Ronaldo Dionísio e César Augusto Pinheiro de Mello – os dois últimos, reincidentes, cumprirão a sentença em regime fechado.

Os outros quatro condenados, réus primários, iniciam no regime semiaberto, no qual os presos deixam a cadeira ao longo do dia para trabalhar e retornam à noite. Além disso, todo o grupo está proibido de acompanhar jogos do clube em estádios no Brasil ou no exterior durante dois anos, tenho que apresentar-se à Polícia Militar ou ao Corpo de Bombeiros duas horas das partidas e permanecer no local até 30 minutos após o término das mesmas.

A sentença foi determinada pelo juiz Ulisses Augusto Pascolati Junior, do Juizado Especial do Torcedor. Os condenados podem recorrer.

Veja Mais:

  • Arena Corinthians tem promessa de bom público no domingo

    Corinthians vende mais de 27 mil ingressos contra o Botafogo; bilheterias abrem nesta quinta

    ver detalhes
  • 'General' Balbuena marcou na Colômbia e salvou o Corinthians

    Balbuena marca nos acréscimos e Corinthians se salva de vexame na Colômbia pela Sul-Americana

    ver detalhes
  • Balbuena (à esq.) auxiliou Carille na tradução de perguntas em espanhol após empate em Tunja

    Após noite de herói, Balbuena ataca de tradutor para Carille em entrevista coletiva

    ver detalhes
  • Timão sofreu, mas conseguiu empatar com Patriotas no 'apagar das luzes'

    Dez tweets que descrevem a sensação de todo corinthiano com o empate na Colômbia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes