Corinthians prevê queda de R$ 57 milhões no superávit de 2017 em relação ao ano anterior

Corinthians prevê queda de R$ 57 milhões no superávit de 2017 em relação ao ano anterior

6.9 mil visualizações 108 comentários Comunicar erro

Diretoria do Corinthians terá de trabalhar com números mais modestos no caixa em 2017

Diretoria do Corinthians terá de trabalhar com números mais modestos no caixa em 2017

Divulgação

O Corinthians divulgou, nesta segunda-feira, a previsão orçamentária do clube para a temporada de 2017. No que diz respeito ao futebol, está prevista uma queda de R$ 57,2 milhões no superávit em relação ao ano passado.

De acordo com o documento divulgado no site oficial do clube, o Corinthians prevê um superávit de R$ 69,6 milhões para 2017. Em 2016, tal valor ficou na casa de R$ 126,8 milhões.

O que chama atenção é o fato de tanto a previsão de receitas quanto a de despesas terem diminuído - a de receitas, obviamente, num patamar mais alto do que a de despesas, alterando negativamente assim o superávit do clube.

  • A receita do futebol corinthiano deve cair de R$ 312,4 milhões (2016) para R$ 279 milhões (2017);
  • A despesa do futebol corinthiano, por sua vez, deve cair de R$ 218 milhões (2016) para R$ 213 milhões (2017).

Abaixo, o Meu Timão detalhou as receitas e despesas da previsão orçamentária divulgada pelo Corinthians. Confira!

Receitas previstas para 2017

Direitos de TV - R$ 154,4 milhões

Patrocínios - R$ 88,6 milhões
Nike - R$ 29,5 milhões
Master (Caixa) - R$ 30 milhões
Costas - R$ 7,2 milhões
Manga - R$ 9 milhões
Número - R$ 3,6 milhões
Omoplata - R$ 6 milhões
Calção - R$ 3,4 milhões

Bilheteria - R$ 0

Receitas da marca e outras - R$ 21,7 milhões
Fiel Torcedor - R$ 17,1 milhões
Receitas diversas - R$ 4,5 milhões

Explorações comerciais - R$ 0

Deduções das receitas - (R$ 19,3 milhões)

RECEITAS LÍQUIDAS - R$ 279 milhões

Despesas previstas para 2017

Pessoal - (R$ 177,1 milhões)
Salários e encargos - (R$ 121 milhões)
Imagem de atletas - (R$ 16,1 milhões)
Amortização/Direitos federativos - (R$ 40,9 milhões)

Gerais e administrativas - (R$ 16,8 milhões)

Depreciação de ativos - (R$ 2,9 milhões)

Serviços - (R$ 16,6 milhões)

DESPESAS LÍQUIDAS - (R$ 213,4 milhões)

Veja mais em: Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Carille retornou da Arábia Saudita para assumir o Corinthians em 2019

    Com festa da Fiel, Carille desembarca no Brasil e fala pela primeira vez sobre retorno ao Timão

    ver detalhes
  • Sornoza fez boa temporada no Fluminense; meia já foi finalista da Libertadores com o Independiente del Valle

    Sem envolver jogadores, Corinthians e Fluminense chegam a acordo por transferência de Sornoza

    ver detalhes
  • Corinthians já anunciou cinco reforços para 2019

    Com Ramiro, Corinthians se torna clube da Série A com mais contratações para 2019

    ver detalhes
  • Contratação de Ramiro foi aprovada pela torcida do Corinthians

    Torcida do Corinthians aprova contratação de Ramiro em enquete avassaladora

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes