Artilheiro da Copinha, Carlinhos foi vítima de tiro na infância

Artilheiro da Copinha, Carlinhos foi vítima de tiro na infância

Por Meu Timão

2.3 mil visualizações 27 comentários Comunicar erro

Carlinhos marcou o primeiro gol do Corinthians na decisão

Carlinhos marcou o primeiro gol do Corinthians na decisão

Agência Corinthians

Dono da camisa 9, campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo Corinthians e artilheiro disparado da competição com 11 gols marcados. Por trás de tamanho sucesso, o atacante Carlinhos carrega em sua história de vida um fato de extrema superação ao longo da infância. Próximo de completar cinco anos de idade, o garoto levou um tiro na perna e quase teve que amputar o membro.

"Eu tava indo para a igreja, meu pai é pastor. Meu pai estava na frente e minha mãe conta hoje para mim que estava com um sentimento ruim. Ela lá preocupada dentro de casa, ela não conversava muito, me abraçava... Eu lembro disso. Depois eu me lembro que eu fui brincar e ela entrou no quarto. Eu, ela e meu irmão, indo para igreja, mas fiquei para trás, brincando com meu primo", disse Carlinhos, durante o programa Bate-Bola, dos canais ESPN.

O episódio aconteceu na cidade de Jaú - localizada no interior do estado de São Paulo -, onde Carlinhos residia quando menor. Em virtude da fuga de um ladrão de gado, a arma do criminoso disparou acidentalmente e o projétil atingiu a perna do agora corinthiano.

"No que eu fui virar uma pirueta, a arma, não sei da onde veio, disparou. Bateu na minha perna, eu caí no chão, não senti mais a perna mexer. Eu me lembro que tinha uma poça de sangue no chão, várias pessoas em volta e foi difícil para minha família. Graças a Deus deu tudo certo. Meu pai fala que eu sou um milagre. Tomei um tiro na perna, a bala estilhaçou. No momento, os médicos falaram que eu tinha que amputar a perna com quatro anos", acrescentou.

Conforme conta Carlinhos, com dificuldade de recordar o acontecimento já que era muito novo, sua recuperação foi surpreendente. Sob risco de amputar a perna, após o diagnóstico inicial dos médicos, o garoto se recuperou do incidente aos poucos e voltou a ter uma vida normal, até iniciar seus passos no futebol.

"Não tive nenhum problema depois. Como eu falei, o médico chegou e falou que era um milagre que tinha acontecido. A bala estilhaçou no osso da minha perna. Hoje eu ando normal, sem sequela nenhuma. Foi difícil, mas com o apoio da minha família, depois só foi brincar e jogar bola. Hoje eu trato normal. Foi uma época difícil que eu superei", completou.

Promovido à categoria profissional do Corinthians em 2016, Carlinhos retorna ao elenco principal, agora sob o comando de Fábio Carille. Principal responsável pelo setor ofensivo do Timão na Copinha, o goleador e homem de referência no campo de ataque, marcou seu nome na décima conquista do clube na competição.

Veja mais em: Carlinhos, Copinha e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Richard deve ser emprestado ao Vasco até o fim desta temporada

    Liberado pelo Timão, Richard já está no Rio de Janeiro e deve ser anunciado pelo Vasco nesta quinta

    ver detalhes
  • No final do seu contrato no Atlético de Madrid, Juanfran teve seu nome ligado ao Corinthians

    Corinthians tem nome ligado a lateral do Atlético de Madrid; diretoria nega

    ver detalhes
  • Matheus Jesus ainda não estreou pelo Corinthians

    Dupla recém-contratada pelo Corinthians já está adaptada? Preparador explica ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Arena Corinthians será palco de três jogos da Copa América

    Arena Corinthians já está com a identidade visual da Copa América; veja fotos

    ver detalhes

Comente a notícia: