Colocou Kaká no banco, amigo de Pep Guardiola... conheça o técnico rival do Timão na Copa do Brasil

Colocou Kaká no banco, amigo de Pep Guardiola... conheça o técnico rival do Timão na Copa do Brasil

112 mil visualizações 105 comentários Comunicar erro

Thiago Oliveira, técnico da Caldense (à esquerda), com Pep Guardiola

Thiago Oliveira, técnico da Caldense (à esquerda), com Pep Guardiola

Arquivo Pessoal/Thiago Oliveira

O Corinthians joga nesta quarta-feira, em Poços de Caldas (MG), em confronto único pela primeira fase da Copa do Brasil - equipe de Fábio Carille pode empatar para passar de fase. O adversário será a Caldense, da primeira divisão mineira, que é comandada por Thiago Oliveira. Um jovem de 35 anos, mas cheio de histórias no futebol.

Thiago foi revelado nas categorias de base do São Paulo. Campeão da Copinha de 2000 e vice no ano seguinte, o ex-atacante guarda com carinho aquele início de carreira que deixava Kaká no banco de reservas. Porém, sem tantas chances no profissional, iniciou o processo de ser emprestado para diversos clubes como Matonense, Vitória, Avaí e Al-Ahli.

E foi exatamente no Catar que vivenciou um dos grandes momentos da carreira ao conviver com Pep Guardiola que, além de ser jogador, era uma espécie de treinador informal da equipe de Oliveira devido à experiência e conhecimento tático que já possuia na ocasião.

A amizade criada no Oriente Médio ajudou a conseguir um período de estágio com o espanhol em janeiro de 2015, quando o Bayern de Munique foi ao mesmo Catar realizar uma pré-temporada. Thiago Oliveira permaneceu duas semanas ao lado de Guardiola e sua comissão técnica, acompanhando diariamente seus treinos e observações.

“Ele (Guardiola) disse uma coisa fundamental sobre conhecer o seu clube e trabalhar com a estrutura dele. Muitos técnicos vão para um clube com uma ideia de jogo, mas, de repente, não têm peças para usar. Outra questão é a dedicação dos jogadores do nível do Ribery, do Robben. Procuro trazer para a minha realidade e mostrar para os nossos jogadores. Se você não treinar 100%, 110%, não consegue êxito”, contou o treinador, em entrevista à Trivela.

Em novembro do ano passado, com a Caldense já eliminada da Série D, o treinador veio a São Paulo e passou dois dias com Cuca no Centro de Treinamento do Palmeiras. A ideia foi a de aproveitar o período para conhecer mais sobre a parte tática e administração pessoal.

Sinop (MT), Mixto (MT), Dom Bosco (MT), Taboão da Serra (SP) e Batatais (SP) foram alguns dos clubes que Thiago Oliveira dirigiu antes de comandar a Caldense, primeiro desafio do Corinthians na Copa do Brasil 2017.

CALDENSE E SEUS CAMPEÕES

Último clube do interior a chegar à final do Campeonato Mineiro, em 2015, a Caldense voltará a contar com alguns protagonistas da campanha histórica. Além do remanescente Marcelinho, se juntaram o meia Ewerton Maradona, o goleiro Neguete e o lateral-esquerdo Rafael Estevam. Os atacantes Cristiano e Zambi, que estavam no interior paulista, são dois dos reforços.

Veja mais em: Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Thiago Neves desperta interesse no Corinthians

    Corinthians formaliza interesse em Thiago Neves e Sassá, relata Cruzeiro

    ver detalhes
  • Ramiro foi peça importantes nos últimos títulos do Grêmio

    Pai de Ramiro revela conversas adiantadas com o Corinthians e fala em acerto ainda nesta semana

    ver detalhes
  • Matias Ávila, diretor financeiro, e Roberto Gavioli, gerente financeiro, em coletiva nesta quarta-feira

    Corinthians confirma déficit em 2018, mas prevê explosão de receitas com TV e patrocínios

    ver detalhes
  • Meio campista está bem perto de se tornar novo reforço do Corinthians

    Diretor do Fluminense confirma 'sim' de M. Gabriel e Corinthians se aproxima de acerto por Sornoza

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes