Árbitro foi à Arena Corinthians de metrô em horário de pico, acusa entidade; FPF rebate

13 mil visualizações 102 comentários

Árbitros utilizaram o metrô em horário de pico nesta quarta-feira

Árbitros utilizaram o metrô em horário de pico nesta quarta-feira

Divulgação

Se já não bastasse ser o centro das atenções pelo erro incrível de expulsar Gabriel num lance em que o volante do Corinthians sequer participou, Thiago Duarte Peixoto está envolvido numa nova polêmica. Tudo pela maneira que o árbitro do Dérbi se deslocou à Arena Corinthians, localizada no bairro de Itaquera, Zona Leste de São Paulo.

O presidente do Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado de São Paulo (SAFESP), Arthur Alves Júnior, acusou o Departamento de Árbitros da Federação Paulista de Futebol (FPF) de ter colaborado para a intranquilidade de Thiago no clássico ao fazer ele e os outros representantes da arbitragem terem se deslocados ao estádio de metrô em horário de pico, ou seja, com milhares de pessoas.

"Não vou aceitar esta enxurrada de críticas a um associado quando ele comete um equívoco sem se divulgar todos os fatos envolvidos no episódio. O equívoco aconteceu e o Thiago explicou o acontecido, mas ninguém do departamento de arbitragem da FPF veio a público explicar porque os homens escalados para apitar a partida, tiveram que pegar metrô na Barra Funda, às 18h30, rumo à Arena Corinthians, no meio da torcida corinthiana, para apitar esta partida. Estou cansado destas historinha e prometo falar tudo sobre o que está acontecendo no Departamento de Arbitragem, onde somente nossos associados estão se prejudicando”, explicou Arthur Alves Júnior.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a Federação Paulista de Futebol rebateu o presidente da SAFESP. De acordo com a explicação da entidade responsável pelo Campeonato Paulista, "em todos os jogos, a FPF oferece transporte aos árbitros e assistentes, que deixam seus carros na sede da FPF e seguem para o estádio com motorista. Ontem (22), em meio à tempestade que atingiu São Paulo no final da tarde, a FPF antecipou o horário do carro que levaria o quarteto de arbitragem até a Arena Corinthians. Ocorre que, ainda nas proximidades da FPF, em meio ao trânsito caótico provocado pela chuva e o risco de atrasos, o próprio quarteto solicitou que o motorista que deslocasse até a estação de Metrô Barra Funda. O quarteto seguiu de metrô até a estação Mooca e, de lá, seguiu com outro carro até a Arena Corinthians".

A FPF ressaltou ainda que, em todos os jogos, os deslocamentos são realizados de carros com motorista ou táxi.

Veja mais em: Erros de arbitragem e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Banco BMG deve mudar as cores de seu logo no novo uniforme do Corinthians

    Patrocinador desafia torcida do Corinthians e condiciona logotipo preto e branco a novas contas

    ver detalhes
  • Corinthians ficou no empate por 1 a 1 com o Ituano no último compromisso antes da paralisação

    Governador de São Paulo indica prazo para anunciar retorno do Paulistão; saiba previsão

    ver detalhes
  • VÍDEO: Nova camisa do Corinthians não é só no futebol: olha essa história do Free Fire do Timão

    ver detalhes
  • Manhã foi de trabalhos coletivos no CT Joaquim Grava

    Tiago Nunes comanda trabalhos coletivos em reapresentação do Corinthians após folga; veja fotos

    ver detalhes
  • Gabriel Pereira vem treinando com os profissionais do Corinthians

    Técnico que trouxe Gabriel Pereira ao Corinthians analisa chegada do meia ao profissional

    ver detalhes
  • Elenco trabalha com bola desde a última quarta-feira

    Corinthians inicia segunda semana de trabalhos com bola no CT; relembre como foram primeiros dias

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: